No dia 24 de março de 2009, uma terça-feira, o então governador da Bahia Jaques Wagner informou que entregaria à ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, um projeto para a construção de uma ponte que ligaria Salvador à Ilha de Itaparica. O anúncio foi feito durante a I Mostra Nacional de Desenvolvimento Regional, que acontecia em Salvador, e citado inclusive pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Aqui na Bahia, só do PAC, previsto de investimentos até 2012 – Dilma, se eu falar e não for verdade, você fica quieta, se for verdade, você balança a cabeça, que é verdade –, ou seja, nós temos R$ 45 bilhões previstos de investimentos aqui para a Bahia. Já não contente com tudo o que recebe, o Wagner me apresenta proposta de um projeto, levando aqui, a ponte atravessando até Itaparica. E ele já me disse que a obra custa mais de R$ 1 bilhão. Certamente, certamente o projeto será olhado com carinho, com paixão e, certamente, Wagner, se eu não fizer, outro fará. Não posso prometer”, disse o então presidente para o público que o assistia.


Grupos de caminhoneiros estão convocando manifestações para o próximo dia 30. Alas mais radicais falam em iniciar uma greve. Nas redes, divulgam imagens convocando pessoas para os protestos. Segundo líderes de grupos de caminhoneiros de Estados brasileiros, o movimento não está unido. No momento, o rumor não é nem de longe parecido com o que havia na greve do ano passado. O presidente de um sindicato de caminhoneiros de São Paulo, Norival Silva, o “Preto“, chamou a convocação de “falácia” e disse que não participa. Já Alexandre Fróes, líder de Santa Catarina, informou que haverá carreatas, mas não greve. A Abcam (Associação Brasileira dos Caminhoneiros) diz não saber se o protesto realmente será realizado. A categoria está insatisfeita, mas pelo nosso monitoramento, [a manifestação]não está organizada, então está difícil prever se haverá ou não um novo movimento“, afirmou.


-

Foto: Alan Santos PR

O desembargador do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, Antonio Ivan Athié, determinou a inclusão do pedido liminar de liberdade do ex-presidente Michel Temer (MDB) na pauta da quarta-feira, 27. Também pediu ao juiz federal Marcelo Bretas que se manifeste em 24 horas sobre o requerimento da defesa. Ele é relator do habeas corpus dos advogados do emedebista, Eduardo Carnelós e Roberto Soares Garcia, que contestam o decreto de prisão do magistrado da 7ª Vara Federal do Rio, responsável pela Operação Lava Jato. Temer foi preso nesta quinta-feira, 21, em investigação que mira supostas propinas de R$ 1 milhão da Engevix no âmbito da Operação Descontaminação, desdobramento da Lava Jato. Também foram detidos preventivamente o ex-ministro Moreira Franco (MDB), sob suspeita de intermediar as vantagens indevidas ao ex-presidente. 


-

Uma viatura da Polícia Militar que seguia para a cidade de Santo Antônio de Jesus sofreu um acidente neste domingo (24) enquanto passava pela BR-324. O veículo aquaplanou na pista e capotou, deixando três policiais feridos.

De acordo com informações da Polícia Militar, chovia no momento do acidente. Os policias viajavam para participar de uma operação com o Inema. Após o acidente, eles entraram em contato com a Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa), que prestou auxílio aos feridos.

Um dos policiais foi encaminhado para o Hospital do Subúrbio, outro foi para o Hospital da Bahia e o terceiro seguiu para o Hospital Ouro Negro. O material da viatura acidentada foi recolhido do local.(Bahia Notícias)


-

Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia dominou o Salgueiro e venceu o clube pernambucano por 3 a 0, neste domingo (24), na Arena Fonte Nova, pela 7ª rodada da Copa do Nordeste. Artur marcou no 1º minuto de jogo, Fernandão ampliou, e Gilberto, com um golaço de cobertura, fechou o placar. Com o resultado, o Bahia subiu para a 4ª colocação do Grupo B com 12 pontos conquistados, porém, ainda pode cair uma posição caso o CSA vença seu jogo. Buscando a classificação, o Esquadrão enfrenta o Sampaio Corrêa, no sábado (30), às 16h, no Castelão. Antes disso, o Tricolor de Aço pega o Atlético de Alagoinhas, na quarta-feira (27), às 21h30, no Carneirão, pelo jogo da volta da semifinal do Campeonato Baiano. Os comandados de Enderson Moreira podem até perder por dois gols de diferença que avançam à final do certame estadual.

FICHA TÉCNICA
Bahia 3×0 Salgueiro
Copa do Nordeste – 7a rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 24/03/2019 (domingo)
Horário: 18h
Árbitro:  José Reinaldo Figueiredo da Silva Filho (AL)
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Brigida Cirilo Ferreira (ambos de AL)
Cartões amarelos: Artur, Fernandão, Douglas Augusto (Bahia) / Bruno (Salgueiro)
Gols: Artur, Fernandão e Gilberto (Bahia)

Bahia: Anderson; Flavio, Ernando, Jackson (Xandão) e Moisés; Elton e Douglas Augusto; Artur, Ramires e Arthur Caíke (Shaylon); Fernandão (Gilberto). Técnico: Enderson Moreira.
 
Salgueiro: Luciano; Jamerson, Guilherme, Léo Carioca (Kevyn) e Igor João; Bruno Sena, Felipe Macena, Tarcísio e João Paulo; Muller Fernandes (Thomas Anderson) e Willian (Renato). Técnico: Sérgio China. (Voz da Bahia)

 


Foto: Tribuna do Recôncavo | Voz da Bahia

Por volta das 10h30 da manhã deste domingo (24/03), duas jovens morreram e uma ficou ferida após uma colisão entre duas motos, na BR-420, trecho entre as cidades de Laje e Mutuípe.

As vítima fatais estavam na direção das motos, uma foi Vitória Santos, 19 anos, natural de Santo Antônio de Jesus que morava no Capão, zona rural de Laje, e a outra vítima fatal foi a jovem de prenome Cássia que residia em Amargosa.

Vitória morreu no local do acidente, enquanto Cássia, filha de Corujão, foi socorrida e levada pelo SAMU para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos.

A jovem que estava na garupa da moto de Vitória, de identidade não divulgada, foi levada ferida para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus. O estado de saúde dela jovem não foi divulgado. (Tribuna do Recôncavo)


Em jogo válido pela segunda rodada da primeira fase do Intervale 2019, a Seleção de Mutuípe, estreante na competição, empatou com a Seleção de Ubaíra pelo placar de 1×1. A partida aconteceu no Estádio Pedro Alves da Silva e contou com a participação, em grande número, da torcida mutuipense, que prestigiou o evento mesmo com a possibilidade de chuva. Ubaíra abriu o placar no início do 2º tempo, em uma cobrança de falta. Já Mutuípe empatou no final do jogo pelo atacante Gibson, que está sendo cogitado por equipes profissionais. No próximo domingo (31) a Seleção de Mutuípe joga fora de casa (Santa Inês) contra Cravolândia, e a Seleção de Ubaíra folga.

Outros resultados:

Santo Amaro 5×2 Cruz das Almas;

Ruy Barbosa 3×4 Itaberaba;

Teolândia 4×2 Gandu;

Nilo Peçanha 1×0 Piraí do Norte;

Santo Antônio de Jesus 2×1 Amargosa.

Assista ao jogo Mutuípe x Ubaíra.

Fonte: Rádio Líder FM/Laje


Aconteceu hoje (22), pela manhã, uma manifestação, na cidade de Mutuípe, onde a equipe da Rádio Líder FM esteve presente fazendo a cobertura. Várias palestras aconteceram, por volta das 8h até às 9h, e, a partir das 9h, caminhada pelo centro da cidade, com o povo manifestando o seu repúdio em relação à aprovação das mudanças da Previdência Social. Em entrevista concedida à Equipe de Reportagem da Rádio Líder FM, o Presidente da Câmara de Mutuípe, Índio Josaphat, ressaltou a abertura da Casa Legislativa para a participação popular, informando que, quem precisar, é só solicitar o espaço. Honorato Mendes (Renato do Sindicato), que representou o Deputado Nelson Pelegrino, afirmou que o mesmo se colocou à disposição da população nessa luta. O Presidente do Sindvale, Arnaldo, fez duras críticas à administração de Mutuípe por não conceder o reajuste salarial aos servidores. Já a Professora Ivana, da APLB de Mutuípe, além de criticar a reforma da previdência, afirmou não concordar com o Ensino Militar no Vale do Jiquiriçá, por entender que o espaço dos professores está sendo ocupado.

Fonte: Rádio Líder FM/Laje


O número de incêndios em regiões de vegetação praticamente dobrou nos dois primeiros meses do ano na Bahia, em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo o Corpo de Bombeiros, entre janeiro e fevereiro deste ano, foram registrados 1.058 casos em todo estado, sendo 588 no interior e 470 na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Já no mesmo período de 2018 foram 578 casos.

Para o diretor de Políticas de Biodiversidade e Florestas da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), Murilo Figueiredo, o aumento dos casos é favorecido pela maior quantidade de biomassa e combustíveis e uso descontrolado do fogo para a realização de queimadas pela população. “Todas essas questões favorecem a incidência dos incêndios e são agravadas pela questão climática e escassez de chuva”, afirma.

As cidades do interior do estado foram as mais acometidas pelos incêndios em vegetação no mês de fevereiro com 438 ocorrências. Enquanto na Região Metropolitana foram 124 registros. Segundo o diretor da Sema, as cidades mais atingidas estão localizadas no sul, extremo sul, baixo sul e na região da Chapada Diamantina.

Um dos últimos incêndios de grande proporção foi o que atingiu o Parque Nacional do Monte Pascoal, em Porto Seguro, na Costa do Descobrimento. O fogo, que começou no último dia 1º, tinha sido controlado, porém novos focos voltaram a aparecer na terça-feira (19). As chamas já destruíram uma área equivalente a 1.501 campos de futebol, o que corresponde a 5% do parque.

No sul, três focos de incêndio foram registrados em Canavieiras, Eunápolis e Uruçuca na segunda-feira (18).

O tenente Álvaro Serrão, do Corpo de Bombeiros Militares do Estado da Bahia (CBMBA), apontou que mais de 90% dos incêndios são causados pela ação do homem, por meio da queima de lixo e pastagem e até do descarte das bitucas de cigarro nas rodovias próximas às vegetações. “O fogo usado de forma incorreta pode perder o controle e causar o incêndio que pode atingir grandes áreas”, explica.

As queimadas podem causar inúmeros prejuízos ao meio ambiente e à população. “A gente perde muitas espécies de plantas e animais, o solo fica comprometido e a fumaça gera vários danos ao sistema respiratório da população”, pontua o tenente.

CONSCIENTIZAR A POPULAÇÃO

Em decorrência da grande influência da ação humana nos incêndios, a Secretaria do Meio Ambiente em conjunto com o Corpo de Bombeiros e o Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) apostam em medidas para conscientização da população através de palestras e campanhas, principalmente nas cidades do interior, onde o número de casos é mais elevado.

Uma das iniciativas é o programa “Bahia sem Fogo”, que foi criado em 2010. O programa é coordenado pela Sema, que integra e coordena o Comitê Estadual de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais da Bahia (instituído pelo Decreto nº 11.559, de 1º de junho de 2009), formado por representantes de secretarias estaduais, instituições municipais e federais.

Para o geógrafo e professor da Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob), Ricardo Reis, a conscientização começa com as crianças. Inclusive, o professor elaborou uma cartilha voltada para esse público sobre a temática. “Fazer um trabalho educativo com as crianças ajuda a levar a informação até os pais”, reitera.

Além da conscientização, Reis defende que é preciso fazer um estudo mais aprofundado para entender a motivação dos incêndios. “Tem que replicar o trabalho de identificação para saber onde o problema começa”, alerta.Para isso, o professor sugere a utilização de imagens de satélite e análise de como aqueles habitantes se relacionam com o ambiente. “É importante utilizar imagens de satélite, que são gratuitas, além de trabalhar com a análise comportamental daquela população. Se teve uma expansão de uma comunidade, bairro ou estrada. É preciso entender também o comportamento humano para descobrir os pontos de focos de calor e queimadas”, completa. (BN)