Aconteceu, na tarde desta seta-feira (13), a última etapa classificatória do Festival de Música Canta Laje 2019. Foram realizadas cinco etapas classificatórias, com apresentações nas seguintes categorias: mirim, infantil secular, infantil gospel, adulto secular, adulto gospel e música autoral.

Confira a relação dos finalistas:

Mirim:

Juliana – 120 pontos

Beatriz – 116 pontos

Ana Clara – 108 pontos

Franciele – 106 pontos

Emilly – 104 pontos

Infantil Secular:

Júlia – 111 pontos

Taylane – 110 pontos

Rebeca – 103 pontos

Infantil Gospel: 

Nicole – 120 pontos

Suyang – 115 pontos

Raíssa – 105 pontos

Adulto Secular:

Erivan – 106 pontos

Renata – 80 pontos

Cristiano – 73 pontos

Adulto Gospel:

Gideone – 110 pontos

Gracielma – 107 pontos

Ademar – 96 pontos

Autoral:

Adeilton – 110 pontos

Joelson – 106 pontos

Reginaldo – 82 pontos

A grande final acontecerá no próximo sábado (21), às 19h, na Praça Lomanto Júnior, no centro da cidade de Laje. Não perca! O Canta Laje é um projeto da Prefeitura Municipal de Laje em parceria com a Rádio Líder FM e tem como objetivo divulgar os talentos lajistas.


Fonte: Rádio Líder FM/Laje


O estudante de Ciências Sociais na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), em Cachoeira (BA), Danilo Araújo de Góis, acusado de racismo contra uma professora negra, afirmou que não pegou prova da mão da docente por “questão de energia”. Ele foi ouvido na manhã desta quinta-feira(12) na Central de Flagrantes, na capital baiana. Após a repercussão do caso, que ocorreu na última terça-feira (10), Danilo deixou de frequentar as aulas e foi expulso da residência estudantil em São Félix. Ele foi localizado hoje na Estação Rodoviária de Salvador, pelo delegado titular de Cachoeira e São Félix João Mateus e por um professor da UFRB. (Metro1)


Um troca de tiros foi registrada na noite desta quinta-feira (12), por moradores da Rua Teodoro Dias Barreto, no bairro do Amparo, em Santo Antônio de Jesus. Uma senhora identificada como Vera Lúcia Santos de Jesus, 51 anos, foi atingida nas costas, passou por uma cirurgia no HRSAJ (Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus), passa bem e está em processo de recuperação. Segundo informações da polícia, o projétil que atingiu Vera Lúcia partiu da arma de um suspeito que tentou assaltar um estabelecimento comercial nas imediações. Não conseguindo realizar o assalto o homem teria efetuado alguns disparos ao mesmo.

Guarnições teriam feito ronda no local do ato em busca do suspeito, mas o mesmo não foi encontrado. Ainda nesta ronda, conforme informado, os policias encontraram uma motocicleta modelo Honda Bros de placa policial NYT/4666 que teria sido abandonada por um homem com as mesmas características do suspeito de ter efetuado os disparos. (Voz da Bahia)


Créditos: Alan Santos/PR

Durante a tarde desta quarta-feira 11/XII o presidente Jair Bolsonaro se consultou com um dermatologista do Hospital da FAB em Brasília.

Ao retornar ao Palácio da Alvorada no início da noite, Bolsonaro falou rapidamente com jornalistas e citou um “possível câncer de pele”.

“. Espero que vocês [jornalistas] colaborem, não comigo, mas com o Brasil. Tem possível câncer de pele. Fizeram uma checagem em mim. Inclusive, não sou eu que peço, muitas vezes eles que me convocam, e eu vou para lá. (…) Eu tenho a pele clara, pesquei muito na minha vida, gosto muito da atividade. Então, a posição de câncer de pele existe. Por enquanto, o Mourão, aí, continua vice, pode ter certeza”, disse o presidente.

Em nota, entretanto, a Secretaria de Comunicação (SECOM) do Palácio do Planalto afirmou que Bolsonaro “apresenta boas condições de saúde, sem qualquer indicativo de câncer”

Segundo informações, Bolsonaro passou por um procedimento simples para retirar algumas pintas do rosto, com cauterização. (Conversa Afiada)


Imagem Ilustrativa

O Senado aprovou hoje (11) o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 148/2015, que extingue a prisão administrativa de policiais militares e bombeiros como punição por transgressões disciplinares. O projeto segue para sanção presidencial. O dispositivo propõe que essas corporações sejam regidas por um código de ética e disciplina, aprovado por lei estadual específica. Além disso, esse código de ética deve regulamentar o devido processo administrativo-disciplinar, definir as sanções disciplinares e vedar a restrição de liberdade.

Um dos autores do projeto é o senador Jorginho Mello (PL-SC), ainda quando era deputado federal. Ele agradeceu o apoio dos colegas na aprovação do texto e afirmou que a prisão administrativa é “coisa de tempos passados”. “[Essa lei] não vai enfraquecer a disciplina, o respeito. Hoje é um absurdo. [Se o militar] fez uma continência que o superior dele entendeu que não foi com a força necessária, cadeia nele. Isso é coisa dos tempos passados”.


Imagem Ilustrativa

A Justiça Federal em Brasília decidiu hoje (11) revogar a determinação de que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) suspenda a utilização de radares móveis nas rodovias do país. O uso de medidores de velocidade móveis e portáteis está suspenso desde agosto. Na decisão, o juiz Marcelo Gentil Monteiro, da 1ª Vara Federal Cível, atendeu a um pedido liminar feito pelo Ministério Público Federal (MPF) e entendeu que a falta dos radares pode causar danos à sociedade. “A urgência é patente, ante o risco de aumento do número de acidentes e mortes no trânsito em decorrência da deliberada não utilização de instrumentos escolhidos, pelos órgãos técnicos envolvidos e de acordo com as regras do Sistema Nacional de Trânsito, como necessários à fiscalização viária”, decidiu o juiz. Em agosto, a determinação foi cumprida pela PRF após a publicação de um despacho do presidente Jair Bolsonaro. Na ocasião, foram revogados atos administrativos sobre a atividade de fiscalização eletrônica de velocidade em rodovias e estradas federais. Cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), sediado em Brasília. (Varela Notícias)


Professora de História do Brasil na UFRB, Isabel Reis revelou ao portal G1 que não foi a primeira vez que Danilo de Araújo Góis incorreu em racismo nas dependências da universidade. Segundo ela, em outra oportunidade, o aluno disse que negros eram preguiçosos e fediam. “Durante uma das aulas, ele falou que negros não eram empreendedores, eram preguiçosos e que, por isso, foi necessário o uso da mão de obra imigrante. Como vou deixar um aluno sair da sala trazendo esse tipo de pensamento raso? Baseado em que ele está falando isso? Ele precisava ler, fazer uma reflexão do que falava. Então fizemos um trabalho, com os primeiros passos da república, com livro para leitura. Porque eu não sabia onde ele estava lendo as coisas que dizia. Após o trabalho, ele disse que o Rio de Janeiro fedia e que os negros fediam”, contou. Isabel revelou ainda que os estudantes já haviam contado que Danilo se recusava a encostar em homossexuais ou pessoas negras, bem como pegar qualquer coisa na mão de pessoas negras, mas que isso nunca havia ocorrido com ela.


Imagem Ilustrativa

Na noite desta quarta-feira (11), foi registrado um confronto entre policiais e criminosos no Loteamento Sales em Santo Antônio de Jesus. Segundo as primeiras informações chegadas a nossa equipe de redação, uma guarnição estaria fazendo ronda pelo local quando foi recebida a tiros. Ainda conforme relatos na ação, um suspeito foi atingido sendo levado para o Hospital Regional (HRSAJ). Não há informações sobre a prisão dos envolvidos e o estado de saúde da vítima. (Voz da Bahia)