Aconteceu hoje (22), pela manhã, uma manifestação, na cidade de Mutuípe, onde a equipe da Rádio Líder FM esteve presente fazendo a cobertura. Várias palestras aconteceram, por volta das 8h até às 9h, e, a partir das 9h, caminhada pelo centro da cidade, com o povo manifestando o seu repúdio em relação à aprovação das mudanças da Previdência Social. Em entrevista concedida à Equipe de Reportagem da Rádio Líder FM, o Presidente da Câmara de Mutuípe, Índio Josaphat, ressaltou a abertura da Casa Legislativa para a participação popular, informando que, quem precisar, é só solicitar o espaço. Honorato Mendes (Renato do Sindicato), que representou o Deputado Nelson Pelegrino, afirmou que o mesmo se colocou à disposição da população nessa luta. O Presidente do Sindvale, Arnaldo, fez duras críticas à administração de Mutuípe por não conceder o reajuste salarial aos servidores. Já a Professora Ivana, da APLB de Mutuípe, além de criticar a reforma da previdência, afirmou não concordar com o Ensino Militar no Vale do Jiquiriçá, por entender que o espaço dos professores está sendo ocupado.

Fonte: Rádio Líder FM/Laje


O número de incêndios em regiões de vegetação praticamente dobrou nos dois primeiros meses do ano na Bahia, em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo o Corpo de Bombeiros, entre janeiro e fevereiro deste ano, foram registrados 1.058 casos em todo estado, sendo 588 no interior e 470 na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Já no mesmo período de 2018 foram 578 casos.

Para o diretor de Políticas de Biodiversidade e Florestas da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), Murilo Figueiredo, o aumento dos casos é favorecido pela maior quantidade de biomassa e combustíveis e uso descontrolado do fogo para a realização de queimadas pela população. “Todas essas questões favorecem a incidência dos incêndios e são agravadas pela questão climática e escassez de chuva”, afirma.

As cidades do interior do estado foram as mais acometidas pelos incêndios em vegetação no mês de fevereiro com 438 ocorrências. Enquanto na Região Metropolitana foram 124 registros. Segundo o diretor da Sema, as cidades mais atingidas estão localizadas no sul, extremo sul, baixo sul e na região da Chapada Diamantina.

Um dos últimos incêndios de grande proporção foi o que atingiu o Parque Nacional do Monte Pascoal, em Porto Seguro, na Costa do Descobrimento. O fogo, que começou no último dia 1º, tinha sido controlado, porém novos focos voltaram a aparecer na terça-feira (19). As chamas já destruíram uma área equivalente a 1.501 campos de futebol, o que corresponde a 5% do parque.

No sul, três focos de incêndio foram registrados em Canavieiras, Eunápolis e Uruçuca na segunda-feira (18).

O tenente Álvaro Serrão, do Corpo de Bombeiros Militares do Estado da Bahia (CBMBA), apontou que mais de 90% dos incêndios são causados pela ação do homem, por meio da queima de lixo e pastagem e até do descarte das bitucas de cigarro nas rodovias próximas às vegetações. “O fogo usado de forma incorreta pode perder o controle e causar o incêndio que pode atingir grandes áreas”, explica.

As queimadas podem causar inúmeros prejuízos ao meio ambiente e à população. “A gente perde muitas espécies de plantas e animais, o solo fica comprometido e a fumaça gera vários danos ao sistema respiratório da população”, pontua o tenente.

CONSCIENTIZAR A POPULAÇÃO

Em decorrência da grande influência da ação humana nos incêndios, a Secretaria do Meio Ambiente em conjunto com o Corpo de Bombeiros e o Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) apostam em medidas para conscientização da população através de palestras e campanhas, principalmente nas cidades do interior, onde o número de casos é mais elevado.

Uma das iniciativas é o programa “Bahia sem Fogo”, que foi criado em 2010. O programa é coordenado pela Sema, que integra e coordena o Comitê Estadual de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais da Bahia (instituído pelo Decreto nº 11.559, de 1º de junho de 2009), formado por representantes de secretarias estaduais, instituições municipais e federais.

Para o geógrafo e professor da Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob), Ricardo Reis, a conscientização começa com as crianças. Inclusive, o professor elaborou uma cartilha voltada para esse público sobre a temática. “Fazer um trabalho educativo com as crianças ajuda a levar a informação até os pais”, reitera.

Além da conscientização, Reis defende que é preciso fazer um estudo mais aprofundado para entender a motivação dos incêndios. “Tem que replicar o trabalho de identificação para saber onde o problema começa”, alerta.Para isso, o professor sugere a utilização de imagens de satélite e análise de como aqueles habitantes se relacionam com o ambiente. “É importante utilizar imagens de satélite, que são gratuitas, além de trabalhar com a análise comportamental daquela população. Se teve uma expansão de uma comunidade, bairro ou estrada. É preciso entender também o comportamento humano para descobrir os pontos de focos de calor e queimadas”, completa. (BN)


O INMET – Instituto Nacional e Meteorologia emitiu alerta meteorológico para quase todo o estado da Bahia e alerta para a possibilidade de formação de um ciclone tropical no fim de semana no litoral baiano, o fenômeno poderá ser ocasionado por um sistema de baixa pressão atmosférica de forte intensidade no litoral sul do estado e norte do Espirito Santo, a previsão é que a formação ocorra entre os dias 23 e 24 de março. O aviso de POTENCIAL PERIGO foi emitido as 11h55min desta quinta-feira (21) e vai até as 8h desta sexta-feira (22). ”Chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 Km/h). Baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.” diz o comunicado. (Mídia Bahia)


O ex-presidente Michel Temer e o ex-ministro Moreira Franco, junto com os demais presos nesta quinta-feira, foram responsáveis por movimentar, irregularmente, R$ 1,8 bilhão, envolvendo vários órgãos públicos e empresas estatais. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), a organização atuava há 40 anos, tendo entre os envolvidos, Temer e o amigo dele João Baptista Lima Filho, conhecido como coronel Lima. A procuradora Fabiana Schneider ressaltou que a organização começou quando Temer era secretário de Segurança de São Paulo e coronel Lima como auxiliar imediato. “Coronel Lima e Temer atuam desde a década de 80 juntos, quando Temer ocupou a Secretaria de Segurança de São Paulo. Lima passou a atuar na Argeplan (empresa e engenharia), com vários contratos públicos. Houve crescimento de contratações da Argeplan quando Temer ocupou cargos públicos. Uma planilha identifica pagamentos e promessas ao longo de 20 anos para MT, ou seja, Michel Temer”, disse a procuradora. Segundo ela, o caso da mala de dinheiro apanhada por Rodrigo Rocha Loures, na época era assessor de Temer, propiciou a coleta de áudios, identificando que coronel Lima atuava na intermediação para entrega de dinheiro. A reforma na casa de Maristela Temer, filha do ex-presidente, segundo a procuradora, foi feita com dinheiro ilícito. “A reforma na casa de Maristela Temer não deixa dúvida de como o dinheiro entrava na Argeplan e saia em benefício da família Temer”, disse. De acordo com Fabiana Schneider, foi identificado pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) uma tentativa de depósito de R$ 20 milhões na conta da Argeplan, em outubro de 2018. O procurador regional da República, Eduardo El Hage, explicou que o valor de R$ 1,8 bilhão é fruto da soma de todos os crimes imputados ao grupo, nos últimos 40 anos. “Existe uma tabela discriminando todos os valores de propinas na peça do MPF. Eles vêm assaltando os órgãos públicos há décadas”, disse El Hage, acrescentando que a Lava Jato continuará as investigações. A composição do valor bilionário também foi comentado pelo procurador da Lava Jato, Sérgio Pinel. “Este grupo criminoso adotava como modus operandi o parcelamento da propina por vários anos. Todas as propinas que identificamos ou que esteja em investigação, promessa ou paga, somamos e chegamos a esta cifra”, explicou. Temer e Moreira Franco, presos nesta quinta-feira (21), em um desdobramento da Operação Lava Jato, ficarão detidos em uma cela especial da Unidade Prisional da Polícia Militar, em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro. A determinação é do juiz Marcelo Bretas, titular da 7ª Vara Federal Criminal, atendendo um pedido da Força-Tarefa da Operação Lava Jato do Ministério Público Federal. Os procuradores alegaram que, por ser ex-presidente da República, Michel Temer tem direito a tratamento especial, assim como Moreira Franco, que foi ministro até dezembro de 2018. Michel Temer foi preso em casa, em São Paulo, e Moreira Franco, ao desembarcar no Aeroporto Internacional Galeão-Tom Jobim, no Rio de Janeiro. Ambos devem passar por exame de corpo delito antes de serem levados para a unidade prisional. O ex-presidente e o ex-ministro são acusados de receber propina de obras relacionadas à Usina Nuclear Angra 3, no Rio de Janeiro. O advogado do ex-presidente, Eduardo Carnelós, disse, por meio de nota, que a prisão de Temer não tem fundamentos. Em nota, a defesa de Moreira Franco manifestou “inconformidade com o decreto de prisão cautelar”. Com informações da Agência Brasil.


Com autoridade, o Bahia venceu o Atlético de Alagoinhas por 3 a 0, nesta quinta-feira (21), na Arena Fonte Nova pelo jogo de ida da semifinal do Campeonato Baiano. Inspirado no dia do aniversário de Lima Sergipano, o Canhão do Fazendão, o lateral Moisés marcou um belo gol em um chutaço do meio da rua, os outros tentos foram de Ramires e Edcarlos, contra. Com o resultado, o Bahia pode até perder por dois gols de diferença que avança à final do certame estadual. Caso o Carcará vença por três gols de diferença, o confronto será decidido nos pênaltis. Para eliminar o Esquadrão, a equipe de Arnaldo Lira precisa vencer por quatro ou mais gols de vantagem O jogo da volta acontece na próxima quarta-feira (27), às 21h30, no Carneirão, em Alagoinhas. Antes disso, o Bahia encara o Salgueiro, no domingo (24), às 18h, na Arena Fonte Nova, pela 7ª rodada da Copa do Nordeste.

FICHA TÉCNICA
Bahia x Atlético de Alagoinhas
Campeonato Baiano – Semifinal (1º jogo)

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 21/03/2019 (quinta-feira)
Horário: 19h15
Árbitro:  Marielson Alves Silva
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e  Edevan Oliveira Pereira
Cartões amarelos: Iran (Atlético de Alagoinhas) / Elton e Lucas Fonseca (Bahia)
Gols: Moisés, Ramires e Edcarlos [contra] (Bahia)

Bahia: Douglas (Anderson); Flávio, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Elton e Douglas Augusto; Élber (Artur), Ramires e Arthur Caíke; Gilberto (Fernandão). Técnico: Enderson Moreira.

Atlético de Alagoinhas: Diego; Edcarlos, Iran, Bremer e Vicente (Túlio); Patrik (Fausto), Alessandro Azevedo, Leandro Sobral e Gabriel Esteves (Kel); Peixoto e João Neto. Técnico: Arnaldo Lira. (Bahia Notícias)


Na madrugada desta sexta-feira (22/03) uma carreta tombou às margens da BR-101, em Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo baiano. Por volta de 1 hora o motorista de uma carreta de placa KLM-7111, licença de Boituva-SP, da Cerveja Crystal, perdeu o controle da direção após o veículo apresentar uma falha mecânica. O acidente aconteceu próximo ao Cetep Recôncavo. Os policiais do 14º Batalhão da Polícia Militar foram acionados para permanecer no local até que a carga fosse transferida para outra carreta. O motorista saiu ileso. (Tribuna do Recôncavo | Foto: Felipe Pereira)


Um dia após a sua prisão, o ex-presidente Michel Temer (MDB) pode ser solto hoje (22). A decisão ficará a cargo do desembargador Antônio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), que deve decidir a legalidade do habeas corpus impetrado pela defesa do emedebista. Para o advogado Thiago Machado, um dos defensores do ex-presidente, a prisão do ex-presidente é um abuso de direito. “Não diria que é abuso de autoridade. A autoridade judiciária tem a prerrogativa quando entender ser necessário. Mas entendo ser um abuso de direito na medida em que não há fundamento legal e embasamento concreto para que seja determinada uma medida dessa natureza”, disse, segundo O Globo. Machado disse ainda que a operação “é mais uma suspeita que é levantada sem qualquer elemento”. (M1)


A ex-vereadora Dilma da Saúde que, recentemente, foi acometida com um câncer de mama (Carcinoma Invasivo‎, grau 3), esteve, na manhã desta sexta-feira (22), participando do Programa Enfoc Geral, da Rádio Líder FM. Dilma falou sobre a doença, informou como está o seu processo de tratamento e agradeceu a todos que colaboraram e continuam a colaborar com sua luta. Ela ainda convidou a população para uma palestra sobre o câncer, com a presença dos médicos, Dr. Luciano Ramos e Dr. João Neiva, que acontecerá no sábado (30), a partir das 8:30h, no Plenário da Câmara de vereadores de Laje. Assista!

Ao vivo: Programa Enfoc Geral

Posted by Rádio Líder FM de Laje on Friday, March 22, 2019

Fonte: Rádio Líder FM/Laje


A Força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro prendeu, na manhã desta quinta-feira (21), Michel Temer, ex-presidente da República. Os agentes ainda tentam cumprir um mandado contra Moreira Franco, ex-ministro de Minas e Energia.

Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio.

Desde quarta-feira (20), a Polícia Federal (PF) tentava rastrear e confirmar a localização de Temer, sem ter sucesso. Por isso, a operação prevista para as primeiras horas da manhã desta quinta-feira atrasou.

O ex-presidente Michel Temer responde a dez inquéritos. Cinco deles tramitavam no Supremo Tribunal Federal (STF), pois foram abertos à época em que o emedebista era presidente da República e foram encaminhados à primeira instância depois que ele deixou o cargo. Os outros cinco foram autorizados pelo ministro Luís Roberto Barroso em 2019, quando Temer já não tinha mais foro privilegiado. Por isso, assim que deu a autorização, o ministro enviou os inquéritos para a primeira instância.Entre outras investigações,

Temer é um dos alvos da Lava Jato do Rio. O caso, que está com o juiz Marcelo Bretas, trata das denúncias do delator José Antunes Sobrinho, dono da Engevix. O empresário disse à Polícia Federal que pagou R$ 1 milhão em propina, a pedido do coronel João Baptista Lima Filho (amigo de Temer), do ex-ministro Moreira Franco e com o conhecimento do presidente Michel Temer. A Engevix fechou um contrato em um projeto da usina de Angra 3.

Michel Temer (MDB) foi o 37º presidente da República do Brasil. Ele assumiu o cargo em 31 de agosto de 2016, após o impeachment de Dilma Rousseff, e ficou até o final do mandato, encerrado em dezembro do ano passado.

Eleito vice-presidente na chapa de Dilma duas vezes consecutivas, Temer chegou a ser o coordenador político da presidente, mas os dois se distanciaram logo no começo do segundo mandato.

Formado em direito, Temer começou a carreira pública nos anos 1960, quando assumiu cargos no governo estadual de São Paulo. Ao final da ditadura, na década de 1980, foi deputado constituinte e, alguns anos depois, foi eleito deputado federal quatro vezes seguidas. Chegou a ser presidente do PMDB por 15 anos. (G1)


A Polícia Militar prende homem e apreende adolescente acusados de tráfico de drogas em Mutuípe. Segundo a polícia, na tarde desta quarta-feira (20), um homem conhecido por Nena, 25 anos, foi preso após ser identificado por meio de câmeras de monitoramento durante assalto a mão armada em Laje no dia 16 de março. A polícia o encontrou na Rua Manoel João da Rocha, Alto da Cajazeira, zona rural de Mutuípe, com a moto Honda CG 125 Fac, cor preta de placa NTL-19##, usada em assaltos, celular, três relógios e uma quantia no valor de R$ 49. Ainda de acordo com a polícia, ele mostrou onde estava o adolescente que acabou se entregando. Com eles, a polícia relatou ter encontrado 29 poções de maconha e 03 de crack, embaladas para comercialização e cinco trouxas de maconha que Nena alegou ter pagado ao adolescente com o celular roubado. Os acusados junto com os materiais foram apresentados na delegacia local. (PM/Ba)


Estudantes de Igrapiúna que estudam em Valença denunciam a suspensão do transporte intermunicipal fornecido pela Prefeitura de Igrapiúna, no baixo sul da Bahia. A responsável pelo serviço é a Secretaria Municipal de Educação (Semed). Estudantes de institutos federais e faculdades utilizam o transporte. A suspensão do transporte ocorreu desde a segunda-feira (18) e mais de 60 alunos estão faltando às aulas. “Alguns estão pagando, de acordo com as atividades que tem no dia na escola. Não podemos pagar todos os dias a passagem, pois muitos não trabalham”, afirmou a estudante do Instituto Federal Baiano, Alessandra Santos. Erica Batista, estudante do ensino superior, informou que atividades e trabalhos foram passados e não puderam ser entregues, o que ocasiona em perdas de notas.