Auxílio emergencial terá mais 3 parcelas de R$ 500, R$ 400 e R$ 300, diz Bolsonaro

Imagem Ilustrativa

O governo vai prorrogar o Auxílio Emergencial por mais três meses. A informação foi revelada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nesta quinta-feira (25). As informações foram publicadas pela Folha de S. Paulo. No entanto, o benefício não será mantido de maneira igual. O presidente explicou que o valor pago, que inicialmente foram três parcelas de R$ 600, será reduzido gradualmente, e deve ter parcelas de R$ 500, R$ 400 e R$ 300. Depois, o pagamento da assistência a trabalhadores informais seria encerrado. (BN)


Comentários

Os comentários estão fechados.