Bahia se manifesta para participar de testes de vacinas da Rússia e da China contra a covid-19

O governador Rui Costa anunciou que em reunião virtual com o embaixador da Rússia no Brasil, Sergey Pogóssovitch, e o secretario da Saúde, Fábio Vilas Boas, formalizou um documento solicitando a cooperação da Bahia com o país europeu, para a produção e planejamento do teste da vacina russa contra o novo coronavírus. Rui Costa se reuniu também com o embaixador da China, Yang Wanming.

“A Bahia quer participar com esses países, essas nações, com esse planejamento, avaliação das vacinas, pra que possamos estar alinhados no momento da produção até de colocar nossos centros de pesquisa, nossos médicos, com o que está sendo feito de mais avançado”, explicou Rui.

No último dia 22, Rui anunciou que o governo irá apoiar a testagem de uma vacina contra a Covid-19, que será realizada na Bahia. Os testes serão fetos nas Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), pelo pesquisador Edson Moreira, responsável por um Centro de Pesquisa que está funcionando nas instalações da entidade, no bairro Dendezeiros, em Salvador. A testagem será feita em conjunto com o laboratório privado Pfizer.

Segundo o governador, serão realizados 1000 testes, sendo 500 com placebo e 500 com carga antiviral. “É de interesse da gestão estadual inserir a Bahia nesse cenário de testes de vacina contra a Covid, sejam vacinas desenvolvidas por organismos públicos ou por laboratórios privados”, disse o governador. (Bahia.Ba)


Comentários

Os comentários estão fechados.