Um dos maiores torneios de futebol amador do Brasil, o Intermunicipal não ocorrerá nesta temporada por conta da pandemia provocada pelo coronavírus. O anúncio oficial foi feito pela FBF (Federação Bahiana de Futebol) na manhã desta quinta-feira (3). Segundo a Federação, a maioria dos presidentes das Ligas optaram em não realizar a competição, pois muitos munícipios ainda encontram com um alto índice de contágio. Além de revelar muitos jogadores, o torneio movimenta a economia e turismo nas cidades em dias de jogos. (BNews)


A chuvosa noite desta quarta-feira (2) foi de terror para o Bahia. A equipe treinada por Roger Machado foi sufocada pelo Flamengo e foi derrotada por 5 a 3 no estádio de Pituaçu, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Esse é o quarto jogo do Esquadrão de Aço sem vencer na competição. Com oito pontos na competição, o Tricolor caiu para a 12ª posição. O time volta a entrar em campo no próximo domingo (6), contra o Internacional, no Beira-Rio. Roger Machado não é mais o técnico do Bahia. O clube anunciou na noite desta quarta-feira (2), após a derrota por 5 a 3 para o Flamengo, que o treinador não vai seguir no clube após a sequência de resultados ruins no Campeonato Brasileiro.
 FICHA TÉCNICA
Bahia 3 x 5 Flamengo
Campeonato Brasileiro – 7ª rodada

Local: Pituaçu, em Salvador
Data: 02/09/2020 (quarta-feira)
Horário: 20h30
Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)
Auxiliares: Daniel Henrique da Silva Andrade e Jose Reinaldo Nascimento Junior (ambos do DF)
VAR: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (PB), auxiliado por José Claudio Rocha Filho (SP) e Ciro Chaban Junqueira (DF).

Gols: Rodriguinho, Élber e Daniel (Bahia) / Pedro (2x), Arrascaeta (2x), Everton Ribeiro (Flamengo)

Bahia: Anderson; Nino Paraíba, Lucas, Juninho e Zeca (Juninho Capixaba); Elton (Edson), Daniel e Rodriguinho (Jadson); Rossi (Marco Antônio), Élber e Gilberto (Saldanha). Técnico: Roger Machado.

Flamengo: Gabriel Batista, Isla (Thuler), Rodrigo Caio, Leo Pereira e Renê; Willian Arão, Thiago Maia (Diego) e Everton Ribeiro e Arrascaeta (Vitinho); Pedro Rocha (Michael) e Pedro (Lincoln). Técnico: Domènec Torrent. (BN) Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia


O pugilismo está de luto. O ex-campeão do mundo de pesos ligeiros, no final da década de 1990, Jean-Baptiste Mendy, morreu de câncer no pâncreas, nesta segunda-feira num hospital de Paris. “Foi tudo muito rápido. Fiquei a par da sua doença no final de junho, início de julho, e depois tudo sucedeu numa escalada vertiginosa”, referiu em declarações ao diário L’Equipe Ellyson Mendy, filho do pugilista, afastado dos ringues há vinte anos. Natural da cidade de Dakar (Senegal), cresceu e viveu na região de Paris, sendo um dos mais dignos representantes da época de ouro do pugilismo francês. Reconhecido pelo seu estilo elegante e técnico, o lutador gaulês contabilizou 55 vitórias (incluindo 31 por KO), 8 derrotas e 3 empates desde a estreia profissional a 15 de janeiro de 1983. 


Acabou a invencibilidade do Vitória na Série B. O time rubro-negro perdeu por 1 a 0 para o Confiança, nesta terça-feira (1º), no Batistão, em Aracaju (SE), pela sétima rodada da Série B. O gol do Dragão foi marcado por Leandro Kivel, na etapa final. Essa foi a primeira vitória do Confiança na Série B, que chegou aos seis pontos e subiu para a 13ª colocação. Já o Leão segue com 10 e permanece na oitava posição. O Vitória volta a campo no próximo sábado (5) para enfrentar o Cuiabá, às 16h30, no Barradão, válido pela oitava rodada.

Bahia Noticias/Foto: Emanuel Rocha/Futura Press/Folhapress.


Imagem Ilustrativa

Após o martelo ser batido para a realização da Série B do Baiano 2020, a Federação Bahiana de Futebol (FBF) divulgou o regulamento e a tabela básica da competição. A disputa começa no dia 25 de outubro e o novo integrante da elite do futebol da Bahia de 2021 será conhecido 6 de dezembro. Seis clubes vão participar do certame que são Barcelona de Ilhéus, Canaã, Colo-Colo, Jequié, Unirb e Teixeira de Freitas (Portela). O formato de disputa ficou o mesmo da última edição. A primeira fase reunirá todas as equipes em um único grupo, que se enfrentarão em apenas um turno, num total de…


Foto: divulgação / Ceará

Não deu para o Vitória. Em jogo marcado por expulsões e confusões, o Leão perdeu por 4 a 3 para o Ceará, nesta quarta-feira (26), no Barradão, e deu adeus à Copa do Brasil. Agora, o time rubro-negro concentra suas atenções para a Série B. O Leão volta a campo no sábado (29) para enfrentar o Paraná, às 16h30, no Barradão, pela sexta rodada da competição. 

Vitória 4 x 3 Ceará
Copa do Brasil – 3ª Fase  (jogo de volta)
Data: 26/08/2020 (quarta-feira)
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Horário: 21h30
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR-CBF)
Assistentes: Luciano Roggenbaum (PR-CBF) e Luiz Souza Santos Renesto (PR-CBF)
Quarto árbitro: Emerson Ricardo de Almeida Andrade (BA-CBF)
Analista de campo: Jailson Macedo Freitas (BA-CBF)
Gols: Léo Ceará, Thiago Carleto  e Jordy Caicedo (Vitória); Vina, Fernando Sobral, Thiago Carleto (contra) e Lima (Ceará)
Cartões amarelos: Maurício Ramos, Vico e Thiago Carleto (Vitória) Fernando Prass, Guto Ferreira, Gabriel Lacerda e Mateus Gonçalves (Ceará)
Cartões vermelhos: Léo Ceará e Vico (Vitória); Charles (Ceará)

Vitória:Ronaldo; Jonathan Bocão, Gabriel Furtado, Maurício Ramos (Júnior Viçosa) e Thiago Carleto (Mateusinho); Guilherme Rend (Jordy Caicedo), Fernando Neto (Felipe Garcia) e Marcelinho (Jean); Rafael Carioca, Léo Ceará e Vico. Técnico: Bruno Pivetti.

Ceará: Fernando Prass; Samuel Xavier, Gabriel Lacerda (Tiago), Luiz Otávio e Bruno Pacheco; William Oliveira (Fabinho) e Charles; Fernando Sobral, Vina e Leandro Carvalho (Mateus Gonçalves); Rafael Sobis (Bergson). Técnico: Guto Ferreira.


Foto: Reprodução/O Ganhador

O Bahia voltou a ver o Ceará ser o seu algoz, dessa vez pelo Brasileirão. Na noite deste domingo (23), a equipe tricolor perdeu para o Vozão por 2 a 0 no Castelão, pela quinta rodada do certame nacional. Os gols foram marcados por Cléber e Mateus Gonçalves. O revés mantém o Tricolor com sete pontos, na oitava posição. A equipe comandada por Roger Machado volta a jogar no próximo sábado (29), contra o Palmeiras, em Pituaçu.

FICHA TÉCNICA
Ceará x Bahia
Campeonato Brasileiro – 5ª rodada

Local: Castelão, em Fortaleza
Data: 23/08/2020 (domingo)
Horário: 20h
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA-RJ)
Auxiliares: Thiago Henrique Neto Correa Farinha e Thiago Rosa de Oliveira (ambos do RJ)
VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ), auxiliado por Christiano Gayo Nascimento (DF) e Diogo Carvalho Silva (RJ).

Cartões amarelos: Gregore, Ronaldo (Bahia) / William Oliveira (Ceará)

Gol: Cléber, Mateus Gonçalves (Ceará);

Ceará: Fernando Prass; Samuel Xavier, Gabriel Lacerda, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; William Oliveira, Charles (Ricardinho) e Vinícius; Fernando Sobral, Leandro Carvalho e Cléber (Sóbis). Técnico: Guto Ferreira.

Bahia: Anderson; Nino Paraíba, Ernando, Juninho e Zeca; Gregore (Daniel), Ronaldo, Rodriguinho (Alesson), Rossi (Saldanha) e Élber (Clayson); Gilberto (Fernandão). Técnico: Roger Machado.


Rossi marcou o gol do Bahia sobre o São Paulo, no Morumbi (Rafael Machaddo/EC Bahia)

A noite que começou feliz terminou com um balde água fria para o Bahia. Diante do São Paulo, nesta quinta-feira (20), no Morumbi, o Esquadrão ia conquistando a terceira vitória seguida em seu terceiro jogo no Brasileirão até os 39 minutos do segundo tempo, quando levou o empate. Ficou no 1×1 e viu escorrer a chance de manter os 100% na competição. Os gols da partida foram marcados por Rossi, aos 20 minutos do primeiro tempo, e Luciano, que igualou para os paulistas na segunda etapa. Foi a estreia do atacante no São Paulo, que o envolveu em troca com o meia Everton, cedido ao Grêmio. O resultado deixa o Bahia na quarta colocação, com sete pontos e um jogo a menos no Campeonato Brasileiro. O próximo adversário do tricolor é o Ceará, domingo (23), no Castelão, em Fortaleza.

FICHA TÉCNICA
São Paulo 1 x 1 Bahia
Campeonato Brasileiro – 4ª rodada

Local: Morumbi, em São Paulo
Data: 20/08/2020 (quinta-feira)
Horário: 20h
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Daniel do Espirito Santo Parro (ambos do RJ)
VAR: Paulo Roberto Alves Junior (PR), auxiliado por Lucas Paulo Torezin (PR) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)

Cartões amarelos: Vitor Bueno, Gabriel Sara (São Paulo) / Gregore, Zeca (Bahia)

Gol: Rossi (Bahia) / Luciano (São Paulo)

São Paulo: Tiago Volpi; Igor Vinicius (Gonzalo Carneiro), Bruno Alves (Léo Pelé), Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê (Helinho), Liziero (Gabriel Sara), Igor Gomes (Luciano) e Daniel Alves; Vitor Bueno e Pablo. Técnico: Fernando Diniz.

Bahia: Douglas (Anderson); João Pedro, Ernando, Juninho e Zeca; Gregore (Elton), Ronaldo, Rodriguinho (Daniel), Rossi (Alesson) e Élber; Gilberto (Saldanha). Técnico: Roger Machado.

Voz da Bahia

O Vitória empatou em 0 a 0 com o Náutico, nesta quarta-feira (19), no Barradão, pela Série B. O resultado poderia ser outro caso o gol de Léo Ceará na primeira etapa não tivesse sido mal anulado pelo árbitro Heber Roberto Lopes. Com o resultado, o Vitória chegou aos seis pontos, mas deixou o G-4 e agora ocupa a sétima posição. O time comandado pelo técnico Bruno Pivetti volta a campo no sábado (22) para enfrentar o CRB, às 19h, no Rei Pelé, em Maceió (AL), pela quinta rodada. 

FICHA TÉCNICA:

Vitória 0 x 0 Náutico
Série B – 4ª Rodada
Data: 19/08/2020 (quarta-feira)
Local: Barradão, em Salvador
Horário: 21h30
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC-CBF)
Assistentes : Kléber Lúcio Gil (SC-CBF) e Johnny Barros de Oliveira (SC-CBF)
Quarto árbitro: Josué Reis de Jesus Júnior (BA-CBF)
Analista de Campo: Kléber Moradillo da Silva (BA-CBF)
Cartões amarelos: Eduardo (Vitória) ; Djavan (Náutico)
Cartão vermelho: Eduardo (Vitória).

Vitória:  Ronaldo; Jonathan Bocão, João Victor, Maurício Ramos e Thiago Carleto; Jean, Marcelinho (Felipe Garcia) e Fernando Neto (Rodrigo Andrade); Vico (Eduardo), Léo Ceará (Jordy Caicedo) e Mateusinho (Rafael Carioca).Técnico: Bruno Pivetti.

Náutico: Jefferson; Hereda, Rafael Ribeiro, Camutanga e Willian Simões; Djavan, Jean Carlos e Jorge Henrique (Bryan); Erick (Josa), Dadá Belmonte (Thiago Fernandes) e Salatiel. Técnico: Dudu Capixaba.

(Bahia Notícias)

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia tem 100% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro após o triunfo de 2 a 1 contra o Red Bull Bragantino, na partida válida pela terceira rodada da competição, que aconteceu na tarde deste domingo (16), no estádio de Pituaçu. As próximas partidas do Bahia na competição serão fora de casa. Na quinta-feira (20) o desafio será contra o São Paulo e no domingo (23) enfrenta o Ceará. (Varela Notícias)


Foto: Reprodução/Felipe Oliveira

O Bahia estreou nesta quarta-feira(12) com vitória suada o Brasileirão 2020. O Esquadrão venceu o Coritiba por 1 a 0, em Pituaçu, e somou seus primeiros três pontos na competição. Com gol marcado por Rodriguinho no primeiro tempo, o tricolor chegou a quinta colocação momentânea, com três pontos e um jogo a menos. Agora o time comandado por Roger Machado enfrenta o Bragantino, próximo domingo (16), também em Pituaçu, pela terceira rodada da Série A.

FICHA TÉCNICA
Bahia 1 x 0 Coritiba
Campeonato Brasileiro – 2ª rodada

Local: Pituaçu, em Salvador
Data: 12/08/2020 (quarta-feira)
Horário: 20h30
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Daniel Luis Marques e Evandro de Melo Lima (ambos de SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral, auxiliado por Rafael Gomes Felix da Silva e Luiz Alberto Andrini Nogueira (todos de SP)

Cartões amarelos: Rodolfo, Matheus Galdezani, Yan Sasse e Sassá (Coritiba)

Gol: Rodriguinho (Bahia)

Bahia: Douglas; Nino Paráiba, Ernando, Juninho e Juninho Capixaba (Zeca); Ronaldo, Flávio, Daniel (Marco Antônio) e Rodriguinho (Alesson); Élber e Rossi (Saldanha). Técnico: Roger Machado.

Coritiba: Wilson; Natanael (Jonathan), Rodolfo, Sabino e William Matheus; Matheus Galdezani (Luiz Henrique), Nathan Silva (Renê Júnior), Ruy (Yan Sasse) e Robson; Igor Jesus e Sassá (Natan). Técnico: Eduardo Barroca.


O Vitória arrancou um empate sem gols com o Figueirense, terça-feira (11), no estádio Orlando Scarpelli, em Santa Catarina, pela segunda rodada do Brasileirão da Série B. Com o resultado, o Leão baiano somou um ponto, ficando com quatro pontos, na quinta colocação. Na próxima rodada o clube comandado por Bruno Pivetti enfrente a Ponte Preta, sexta-feira (14), em São Paulo. (Metro1)