A

O Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF-DF) ajuizou ação civil contra a União e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para permitir o uso medicinal e científico da cannabis no Brasil. A ação partiu de procedimento preparatório instaurado no MPF-DF para apurar a omissão da Anvisa na regulamentação do emprego medicinal dos canabinoides, substâncias extraídas das espécies da cannabis, especialmente para o tratamento de patologias que não respondem ao tratamento feito com os medicamentos convencionais disponíveis atualmente no mercado.


A

A partir de janeiro de 2015 já começa a valer o Sistema de Bandeiras Tarifárias, nas contas de energia de todo o país. Os baianos já estão recebendo as contas com bandeiras nas cores verde, amarela e vermelha, que sinaliza o custo da energia. Ou seja, sempre que as usinas térmicas forem acionadas, o preço da energia aumenta. Conforme a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), “as bandeiras funcionam como um semáforo de trânsito que indica diferença de custo de geração de energia para o consumidor.


A
O Ministério da Saúde irá repassar um recurso adicional de R$ 150 milhões a todos os estados e municípios brasileiros para enfrentar doenças que tendem a crescer neste verão, dengue e chikungunya. As enfermidades são transmitidas pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus. Os recursos servirão para vigilância epidemiológica e o aprimoramento dos planos de contingência. Os municípios precisam cumprir algumas metas, como atingir o quantitativo adequado de agentes de controle de endemias; garantir cobertura das visitas domiciliares pelos agentes; adotar mecanismos para a melhoria do trabalho de campo; realizar o Levantamento Rápido de Infestação por Aedes Aegypti ; notificar os casos graves suspeitos de dengue, entre outras ações.