Anselmo ingressou na PM há 32 anos. Foto: Secom
Coronel Anselmo ingressou na PM há 32 anos. Foto: Secom

O governador da Bahia, Rui Costa, definiu nesta sexta-feira (2) o coronel Anselmo Alves Brandão, 52 anos, como o novo comandante geral da Polícia Militar da Bahia (PM-BA). Nascido em Juazeiro (BA), Anselmo ingressou na PM há 32 anos. No período, foi comandante da Academia de Polícia Militar, atuando na formação de oficiais; comandante do 18º Batalhão da Polícia Militar do Centro Histórico. Coordenou a implantação do programa federal ‘Território de Paz’ na 23ª Companhia Tancredo Neves, em Salvador, onde também comandou a equipe. Ele comandou ainda a 11ª Companhia Independente da Barra e a 10ª Companhia Independente de Candeias. Por seis anos, assumiu o posto de ajudante de ordem do presidente do Tribunal de Justiça. Em 2014, dedicou-se ao trabalho como comandante do Policiamento Regional Atlântico de Salvador. O secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, destacou a experiência de Anselmo no fortalecimento das ações de policiamento comunitário e de aproximação da sociedade com a polícia, itens que o novo governador da Bahia quer fortalecer e ampliar. Após receber a notícia, o novo comandante disse que está entusiasmado com a missão. ”Acredito na polícia cidadã e vamos contar com cada policial militar para garantir a segurança da população da Bahia”. A transmissão de cargo do atual comandante, coronel Alfredo Castro, para o coronel Anselmo deve acontecer até a próxima sexta-feira (9). (SECOM)


A2

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou que as bandeiras tarifárias para janeiro serão vermelhas em todo o Brasil. Com isso, a tarifa da conta de luz deverá atingir o seu patamar mais alto, com R$ 3 a mais por cada 100 quilowatts-hora consumidos, já no início de 2015. De acordo com o jornal Estado de S. Paulo, o reajuste deve arrecadar mais R$ 400 milhões a mais para as empresas de energia elétrica em todo o país, valor que chegará a R$ 800 milhões extras em um mês de bandeira vermelha. Atualmente, o consumo médio do brasileiro é de 163 kWh por residência, de acordo com a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), e a tarifa média do consumidor residencial, de acordo com a Aneel, é de R$ 400 por MWh. Sendo assim, uma conta de R$ 65,20 subiria para R$ 67,65 na bandeira amarela e para R$ 70,09 no caso da bandeira vermelha. (Metro1)


A2
Neste sábado (27) o tradicional sorteio da Mega Sena não acontece. Todas as apostas para o concurso concorrerão ao prêmio da Mega da Virada que promete pagar mais de R$ 240 milhões. As apostas para a Mega Sena da Virada poderão ser efetuadas até as 13h (horário local) do dia 31 de dezembro. De acordo com a Caixa Econômica Federal, o prêmio da Mega da Virada não acumula.
Se um apostador ganhar o prêmio sozinho e aplicar o valor integral na poupança, poderá ter uma renda de cerca de R$ 1,4 milhão por mês.
Caso não haja apostas premiadas com seis números (sena), o prêmio será rateado entre os acertadores de cinco números (quina). Se não houver ganhadores nesta faixa, o prêmio será dividido com quem acertar a quadra e assim sucessivamente.
A aposta mínima, de seis números, custa R$ 2,50 e pode ser feita em qualquer lotérica do país. Quanto mais números, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio mais cobiçado do país. Quem quiser, pode optar pelos bolões, com preço mínimo de R$ 10.
O apostador também pode comprar cotas de bolões organizados pelas unidades lotéricas. Neste caso, poderá ser cobrada uma tarifa de serviço adicional de até 35% do valor da cota. Em 2013, o prêmio de R$ 224,6 milhões saiu para quatro ganhadores: Curitiba (PR), Palotina (PR), Maceió (AL) e Teofilândia (BA). (InfoSaj)