PM traça plano para priorizar veículos de emergência em eventual desabastecimento

Diante da busca intensificada por combustível, acentuada pela paralisação de caminhoneiros que começa a provocar desabastecimento em alguns municípios baianos – incluindo Salvador -, a Polícia Militar informou que está “traçando estratégias junto à rede de abastecimento para garantir a prioridade do abastecimento dos veículos de emergência”. De acordo com a PM, a corporação “adota uma rígida gestão do consumo de combustível para otimizar o emprego das viaturas de forma a não prejudicar, sobremaneira, a atividade fim da instituição que é o policiamento ostensivo”. O Departamento de Apoio Logístico (DAL) segue atento ao atual cenário do país. (VB)


S. A. de Jesus: Após investigação policial, trio é preso acusado por tráfico de drogas

Na tarde dessa quinta-feira (24), três homens foram presos após abordagem policial: Jeferson Nascimento Almeida, 22 anos; Rodrigo Bispo Santos, 27 anos; e José Carlos dos Santos, 23 anos, estavam há algum tempo sendo investigados pelo S.I (Serviço de Inteligência) da 4a Coorpin da PC (Polícia Civil) de Santo Antônio de Jesus. Os três são acusados por tráfico de drogas e envolvimento em facção criminosa. Segundo a PC, os suspeitos foram abordados no interior de um veículo Focus branco. Logo após os policiais seguiram para a residência dos acusados na Rua Mutum, bairro Irmã Dulce, foi encontrada pelos agentes: 21 porções de cocaína, 15 de crack, 02 porções grandes de maconha, uma porção grande de cocaína e um punhado de crack, além de R$ 211,00 reais. Os indivíduos foram apresentados a 4ª Coorpin para adoção das medidas legais. (Informações: Polícia Civil)


A tarde de quarta-feira (23), foi tensa nas proximidades do município de Presidente Tancredo Neves, no baixo Sul do estado, durante todo o dia, caminhoneiros, manifestaram pela redução no preço dos combustíveis, mas em determinado momento uma viatura da Polícia Militar na tentativa de passar pelo bloqueio acabou provocando uma confusão generalizada. A paralisação ocorria na rodovia Mário Covas – BR-101, e dois tiros chegaram a ser deflagrados por um policial, que ainda não foi identificado ou se pronunciou sobre a ocorrência, um dos disparos atingiu a perna de um homem identificado somente pelo prenome Ronaldinho. Nas imagens postadas em grupos do WhatsApp é possível ver o PM apontando uma arma para o manifestante antes de objetos, não identificados serem arremessados, acontece o primeiro tiro, e após passagem pelo bloqueio, o segundo. A vítima foi socorrida por populares para o hospital do município e se pronunciou através de um vídeo, postado nas redes sociais.

O policial é lotado na 70ª CIPM – Ilhéus, um veículo pertencente ao governo do estado da Bahia acabou sendo incendiado. A Companhia informou que vai instaurar inquérito para apurar o caso.


O jovem Lucas de Jesus Santos, 15 anos, conhecido como “Doi”, moradora da região da Água Fria, zona rural de Mutuípe, está desaparecido desde terça-feira (22). Segundo informações de familiares, o jovem teria ido para a igreja da própria região, usando calça preta, boné laranja e camisa cinza. Informações podem ser passadas pelo telefone. 073 9 8149 0622. (MB)


Dr. Corina Lopez de Oliveira, delegada de Polícia Civil de Mutuípe, participou nesta quinta-feira (24), do programa Cara a Cara com o Povo da Rádio Interativa para falar sobre o casa Kêda Sousa, vítima de tentativa de feminicídio no sábado (19), na região da Baixa Alegre, zona rural. Segundo Lopez, desde o dia em que o crime foi praticado, a polícia tem trabalhado nas investigações, uma arma semelhante a utilizada foi encontrada numa roça de cacau e encaminhada para perícia para identificar se foi a utilizada por Marcelo – (acusado de cometer o crime), “Nós estamos com o inquérito praticamente pronto, o pai já foi acionado, mesmo consternado com a notícia da filha, mas mesmo assim nos ajudou em seu depoimento, a testemunha ocular, hoje ouvimos outra, e estamos finalizando o inquérito, ele continua foragido e concluindo o inquérito, vamos colocar a foto nos cartazes como procurado, e se a população souber de alguma notícia concreta do paradeiro dele nos informe, o sigilo é garantido.” Disse a delegada. A distância a qual o tiro foi deflagrado e a precisão também foi questionado: “foi preciso o disparo dele e alcançar ela na janela, a gente deduz que ele tinha uma boa pontaria ou fazia treinamento continuo”,declarou ela. 


A Polícia Civil de Amargosa prendeu na tarde de hoje, 22/05/2018, a pessoa de Sheila Araújo Guimarães, 47 anos, por exercício ilegal da profissão de psicologia. Durante as investigações, os policiais fizeram consultas ao Conselho Regional e ao Conselho Federal de Psicologia, os quais informaram que não consta inscrição em seus cadastros de Sheila Araújo Guimarães. Diante das informações, o Delegado de Polícia representou pela busca e apreensão no escritório de atendimento e na residência da falsa psicóloga, o que foi deferido pelo MM. Juiz da Comarca. As buscas foram realizadas pela Polícia Civil de Amargosa, que apreendeu farto material probatório da existência do crime. A ação foi filmada pelos policiais e a falsa psicóloga afirmou que possuía carteira de inscrição no Conselho de Psicologia, mas a numeração apresentada e constantes nos blocos de receituário e carimbos não condiziam com as constantes nos Conselhos da Classe. A falsa psicóloga receitava remédios alopáticos, exclusivos da classe médica e homeopáticos. Para tanto, possuía dois carimbos, o primeiro com inscrição no Conselho Regional de Medicina com o nº 13751, para poder prescrever medicação alopática, alguns com tarja preta, e o segundo do Conselho Regional de Psicologia, com numeração 03/033304, onde prescrevia medicação homeopática. Em interrogatório, Sheila Araújo Guimarães, afirmou que iniciou o exercício da profissão, como se psicóloga fosse, em Amargosa, no ano de 2013, inicialmente no CREAS, mas atualmente só fazia atendimento particular. Sheila irá responder ao procedimento em liberdade, por permissivo legal. (Polícia Civil)

 


Um homem de 65 anos foi preso nesta terça-feira (22) em Milagres, acusado de ter matado a esposa com um tiro na cabeça, cujo crime ocorreu há 13 anos na cidade de Brejões, no Vale do Jiquiriçá. A polícia cumpriu mandado de prisão preventiva contra João Silva dos Santos, que segundo a Delegacia de Milagres vinha mudando de cidade para fugir da polícia. O delegado Ricardo Ribeiro, titular da DT/Milagres, afirmou que João viveu em Planalto, Irecê, Iaçu e outras cidade durante este tempo, para não ser capturado. Na unidade policial, João confessou que matou Ana Lúcia Conceição na frente dos filhos, que na época eram crianças, usando uma arma tipo garrucha. Desde que chegou a Milagres, o suspeito passou a trabalhar como motorista e agia de modo a não levantar suspeitas sobre sua conduta. A comarca de Amargosa, que responde por Brejões, já foi comunicada sobre a prisão do homicida, que espera o recambiamento. (BMF)

 


Uma tentativa de homicídio foi praticada na tarde desta terça-feira (22), no localidade da Cajazeira em Mutuípe, segundo informações da Polícia, um homem identificado somente pelo prenome “Besouro” foi atingido por disparos de arma de fogo, na rua Teolândia. A vítima foi socorrida pelo SAMU para o Hospital Clélia Chaves Rebuças. O autor do crime e as circunstâncias ainda são desconhecidos. Segundo informações de populares, o pneu de um carro foi atingido e ao menos seis tiros foram ouvidos, as 16h35min a Polícia Militar fazia rondas no bairro com o objetivo de localizar os suspeitos.


Na manhã desta segunda-feira (21), conversamos com familiares da professora Rosicleide de Jesus Sousa -Kêda Sousa, 40 anos, vítima de tentativa de feminicídio na zona rural de Mutuípe, na manhã de sábado (19). Segundo as informações, os desentendimentos entre ela e o esposo, identificado com Marcelo já aconteciam há algum tempo. Pró Kêda como é conhecida carinhosamente por mutuipenses, está em coma na UTI – Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus- HRSAJ, na cirurgia foram constatadas lesões em quatro partes do cérebro: frontal, lateral, esquerdo e o lobo occipital, ela está com um dreno na cabeça, e ainda não apresentou melhora.  Ainda segundo as informações, o acusado usa drogas e sofre de transtorno bipolar, desde o sábado anterior ao crime, eles já vinham se desentendendo, durante a semana houveram mais desentendimentos, um dos filhos do casal foi alvo de xingamentos, fato que causou indignação na mãe, na quarta-feira (16), o acusado mandou fazer uma cobrança a vítima, que mesmo abalada com tudo o que vinha acontecendo, foi a uma agência bancária da cidade na sexta-feira (18), para fazer o saque da quantia e mandar lhe entregar. No sábado pela manhã, dia do crime, Kêda, ligou para a irmã e informou que iria a zona rural pegar suas coisas, foi aconselhada a não ir, mas ela argumentou que o esposo não estaria na casa, pois segundo as informações, ele teria viajado com o veículo cheio de caixas no dia anterior.


O Ministério Público Federal (MPF) em Feira de Santana ajuizou ação de improbidade contra o ex-prefeito do município de Santo Estevão (a 148 km de Salvador), Orlando Santiago, suspeito de desviar R$ 70.862,80 em recursos do Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS) em contratos para serviços de capina firmado em 2014. A empresa Assessora Construções e Serviços LTDA e seus dirigentes José Reinaldo Fernandes e Mario Paulo Fernandes Ribeiro também são alvo de investigação no mesmo inquérito. Segundo a ação, ajuizada em 7 de maio pelo procurador da República Samir Cabus Nachef Júnior, um dos quatro contratos firmados pela prefeitura previa o pagamento de R$ 51 mil para que Assessora Construções realizasse serviços de capina, roçagem, varrição e retirada de vegetação rasteira e de pequeno porte para manutenção da Secretaria de Assistência Social. A Assessora Construções e Serviços teria oito dias para concluir os três primeiros itens em uma área de 20.000m² e a retirada de vegetação em uma área de 10.000m². A empresa contava com apenas três funcionários para executar os trabalhos nas áreas com extensões superiores à de um campo de futebol, com cerca de 7.140m2. O MPF identificou, entretanto, que o trecho na realidade era de 1.334,88m2, o que custaria R$ 4.271,63. Conforme Nachef Júnior, as metragens foram inseridas no contrato tendo sua extensão aumentada de 7,5 a 15 vezes.


A professora Kêda Sousa, de 40 anos, vítima de tentativa de homicídio na manhã deste sábado (19), na zona rural de Mutuípe, já deixou o centro cirúrgico, o processo foi iniciado por volta de 12h30min no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, e terminou no fim da tarde. Segundo as ultimas informações apuradas por nossa redação,  a paciente seguiu para UTI, Unidade de Terapia Intensiva, o estado de saúde inspira cuidados. Não foram revelados detalhes da cirurgia e se o projetil causou lesões. Kêda é servidora pública na prefeitura municipal de Mutuípe, ela tem dois filhos. O acusado do crime é o esposo da vítima, identificado por Marcelo, que evadiu-se do local e está sendo procurado pela polícia. (MB)


A professora Kêda Sousa, de 40 anos, vítima de tentativa de homicídio na manhã deste sábado (19), na zona rural de Mutuípe, foi encaminhado para cirurgia no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus. Segundo informações apuradoras pelo Mídia Bahia por volta de 12h30min, ela foi encaminhada ao centro cirúrgico, o estado de saúde é grave, o tiro atingiu a região da testa. Kêda é servidora pública na prefeitura municipal de Mutuípe, ela tem dois filhos.  O acusado do crime é o esposo da vítima, identificado por Marcelo, que evadiu-se do local e está sendo procurado pela polícia.

(Mídia Bahia)