A professora Kêda Sousa, de 40 anos, vítima de tentativa de homicídio na manhã deste sábado (19), na zona rural de Mutuípe, foi encaminhado para cirurgia no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus. Segundo informações apuradoras pelo Mídia Bahia por volta de 12h30min, ela foi encaminhada ao centro cirúrgico, o estado de saúde é grave, o tiro atingiu a região da testa. Kêda é servidora pública na prefeitura municipal de Mutuípe, ela tem dois filhos.  O acusado do crime é o esposo da vítima, identificado por Marcelo, que evadiu-se do local e está sendo procurado pela polícia.

(Mídia Bahia)


A Guarnição do PETO Alfa DA 33ª CIPM, em rondas no Bairro do Jambeiro, percebeu que o indivíduo Everaldo de Jesus Junior, 25 anos, evadiu ao notar a presença da Viatura da PM, porém, o mesmo foi alcançado pela Guarnição, em uma residência, que com a autorização da proprietária, foi localizado em um quarto da casa, com o mesmo uma sacola plástica com 14 trouxas de substância análoga a maconha e 01 trouxa de uma substância semelhante a cocaína e 01 caderno com anotações semelhantes as utilizadas na prática do tráfico de entorpecentes. (A10)


O caso da jovem de Muniz Ferreira que denunciou a agressão do ex-esposo causou revolta na população santoantoniense e da região. Clara Emanuele Santos Vieira, 20 anos, relatou constante agressão do ex de prenome Felipe e resolveu denunciar após ser agredida no dia 08 de maio, ficando com graves lesões no rosto. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Antônio de Jesus realizou perícia no local, registrando fotos e colhendo material. Segundo o coordenador do DPT, Lino Oliveira, o ambiente onde possui características de que ocorreu uma briga. “Encontramos algumas evidências como vestígios de cabelo, uma faca com manchas de sangue e também algumas coisas em desalinho”, disse. De acordo com ele, as lesões em Clara mostram que foram causadas por agressão, porém, só após os exames que o médico legista vai poder apresentar detalhes dos machucados e de que forma foram feitos. “É um caso que chamou atenção da imprensa, da opinião popular e a gente tem que tomar cuidado com o que foi observado e com o que vamos escrever. A vizinhança foi ouvida. Eu não tive contato com Felipe, mas tive com a Clara e realmente ela está muito machucada”, explicou. Ele informou que a justiça concede a Polícia Técnica um prazo de 10 dias para apresentar os resultados dos exames, caso não precise de algum exame complementar. Diante do quadro de violência contra a mulher que o país apresenta, o caso da jovem teve repercussão nacional. A história de Clara foi transmitida em jornais de TV, sites e blogs de toda a região. Uma página foi criada no Instagram com o nome #Todosporclara, com objetivo de apoiar a jovem e outras vítimas de violência. (Blog do Valente)


Foi assassinado na madrugada desta quarta feira (16), na cidade de Valença, no Baixo Sul da Bahia, o jovem Nilmar de Jesus Silva, 22 anos, que residia no loteamento Tio Virginio, Caminho, 11. A vítima foi atingida por seis disparos de arma de fogo nas regiões do abdômen, pescoço, cervical, tórax e lombar, sendo socorrido por familiares até o Pronto Socorro da Santa Casa de Misericórdia de Valença, onde recebeu os primeiros atendimentos, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos. Os autores do crime foram três indivíduos que chegaram por volta de 01h48, até a residência da vítima, a pé, e adentraram pela parte da laje. Após o crime, os autores fugiram do local tomando sentido ignorado. A Policia Civil investiga o crime. (VMN)


Uma mulher foi presa por amarrar o filho de 12 anos a uma árvore do quintal de casa, na cidade de Palmas de Monte Alto, no sudoeste da Bahia. Segundo a polícia, ela disse ter prendido o garoto porque ele era inquieto e pegava frutas do quintal da vizinha. O caso aconteceu no sábado (12), mas foi confirmado nesta terça-feira (15). Conforme a polícia, Hélia Fagundes Pereira da Silva foi conduzida à delegacia e liberada após prestar depoimento. Ela foi presa depois que a Polícia Militar recebeu denúncias anônima de vizinhos, com relação a maus tratos contra a criança. O Conselho Tutelar foi informado da situação e acompanha o caso. Segundo a polícia, caso as denúncias sejam comprovadas, ela pode responder por maus-tratos. A polícia não tinha informações relacionadas ao pai do garoto. (G1)


Corpo em estado de decomposição foi encontrado em uma mata fechada na BR-101, próximo a S. A. de Jesus

Um corpo em um estado de decomposição foi encontrado na BR-101, Km-268, dentro de uma mata fechada, próximo a Santo Antônio de Jesus. Segundo informações de testemunhas, a morte pode ter sido de forma natural, não havia sinais de violência. O homem tinha identidade ignorada, aparentava ter uns 60 anos de idade e morava dentro um local de difícil acesso, em um local com condições precárias para sobreviver. Tudo indica que o senhor era andarilho. A Polícia Civil está investigando o caso. O DPT (Departamento de Polícia Técnica) até o fechamento desta matéria, não havia chegado ao local.(VB)


A jovem Andressa Vieira, filha do prefeito de Muniz Ferreira divulgou em sua página do Facebook fotos e informações de que sua irmã teria sido agredida pelo ex-esposo. De acordo com ela, a vítima tem um filho com o agressor.

Revoltada com o acontecido, a jovem pede para que seja denunciado esse tipo de crime. Segundo informações, o acusado de agressão foi a residência do prefeito contar o que havia feito e pedir desculpas. A vítima prestou queixa e o acusado será enquadrado na lei Maria da Penha. Confira na íntegra a denúncia da irmã da vítima:


De abril a maio deste ano, o número de vítimas do homem procurado por roubar, estuprar e cortar cabelo de mulheres subiu de sete para nove em Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetros de Salvador. De acordo com Clélia Vasconcelos, titular da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), as investigações sobre os crimes estão avançando. Os casos ocorrem desde 2016 e são mais frequentes no bairro de Asa Branca. “Ele é um homem de estatura mediana, altura de 1,70. Não é gordo, mas é relativamente forte, de fala mansa, de nariz avantajado, sobrancelhas espessas e cor parda”, detalha o perfil relatado pelas vítimas segundo informações. No bairro Asa Branca, a situação provoca medo e muda a rotina das mulheres que moram na localidade. “A gente tem evitado de sair à noite. Inclusive tem a igreja aqui perto. A gente está evitando. Quando vai, a gente forma um grupo para sair de casa. Está muito perigoso mesmo”, diz a cabeleireira Mirian da Silva. O sentimento é compartilhado pela fiscal de supermercado, Eliandra de Almeida. Informações podem ser passadas em sigilo para a polícia. “Tendo uma pessoa dessa solta aí é para ficar com medo. Eu não ando muito à noite no bairro. É do meu trabalho para casa”. Para além dos casos relacionados ao suspeito, que são apurados desde 2016, o município de Feira de Santana contabiliza 18 casos de estupro entre janeiro e maio deste ano. “É bom pontuar que eles se dividem em estupros em ambiente doméstico e estupros ocorridos na rua, vitimando a mulher enquanto transeunte. Em ambos os casos tem havido um aumento considerável [no número de casos]”, conta a delegada Clélia Vasconcelos. Informações sobre os suspeitos podem ser passadas em sigilo para a polícia por meio do telefone: (75) 3602-9091. (INFOSAJ)


Recém-nascido com 19 dias de vida morre após ser amamentado em Feira de Santana

Deu entrada na policlínica do bairro George Américo o recém-nascido Christyan da Silva Rodrigues Ferreira, que tinha 19 dias de vida. Ele foi levado para a unidade de saúde pelo pai e pela tia, por volta das 5h da manhã de domingo (13). A mãe chegou posteriormente e disse que amamentou o filho e depois o colocou na cama. Segundo ela, quando o pai acordou percebeu que o filho não estava respirando e o socorreu para a policlínica, mas o bebê não resistiu. A delegada Joselita de Paula esteve na policlínica efetuando o levantamento cadavérico. O corpo foi necropsiado e liberado para o sepultamento. (Acorda Cidade)


Presas por suspeita de tráfico de drogas, três jovens posaram algemadas para foto ao serem detidas em Pedra Preta, a 243 km de Cuiabá, na quinta-feira (10). Segundo a Polícia Militar, as gêmeas Vânia Nogueira da Silva e Vanessa Nogueira da Silva, de 23 anos, e Lady Natiely Teixeira de Carvalho, de 19 anos, comandavam uma boca de fumo. No local, foram apreendidos papelotes de cocaína, uma quantia do entorpecente em pó e 48 gramas de pasta base de cocaína. As prisões ocorreram durante rondas perto da casa usada por elas. Segundo a polícia, denúncias já haviam apontado a existência do comércio de drogas no local. O flagrante ocorreu no momento em um usuário saía da casa com porções de drogas. Ao ser questionado, ele afirmou que comprou a droga com as três. Ao ser abordada, uma das donas da casa correu para o banheiro e tentou se livrar do entorpecente jogando a droga no vaso sanitário e dando descarga. Parte do material, entretanto, voltou e foi apreendido. (VMN)


Professor é assaltado e tem celular levado por bandidos na localidade do Capão 1 em Jaguaripe

Um professor de identidade não revelada foi assaltado na tarde desta quarta-feira (09), por volta das 13h, na localidade do Capão 1, zona rural do município de Jaguaripe. Segundo informações de um internauta, a vítima teve seu aparelho de celular levado pelos bandidos, que fugiram após praticar o ato. Revoltados, os moradores do local, pedem mais segurança por parte do poder público. Até o fechamento desta matéria não houve prisão. (VB)


Riachão do Jacuípe: Meia tonelada de maconha e R$ 55 mil são apreendidos após polícia achar vídeos da droga em celular; homem foi preso

Quase meia tonelada de maconha foi apreendida em uma casa na cidade de Irecê, no norte da Bahia, após a polícia encontrar vídeos da droga no celular de um homem durante uma abordagem, na cidade de Riachão do Jacuípe, distante cerca de 190 km de Salvador. Conforme a Polícia Civil, Daniel Santana Miranda, 39 anos, é o dono dos 430 kg de maconha achados na casa dele. O homem é apontado pela polícia como um dos maiores produtores e distribuidores da droga na região de Irecê. Também foram encontrados e apreendidos no imóvel dele R$ 55 mil em espécie. Foi preciso usar três caminhonetes da polícia para transportar a maconha encontrada com o suspeito até a delegacia. De acordo com informações da Polícia Civil, a droga e o dinheiro foram localizados depois que o suspeito, identificado como Daniel de Santana Miranda, foi abordado em uma blitz da Polícia Militar, em Riachão do Jacuípe. Daniel Miranda tinha um mandado de prisão em aberto e foi levado para a delegacia da cidade, onde foi constatado que a determinação da Justiça não era mais válida. No entanto, durante uma revista no celular do suspeito, foram encontrados vídeos que mostravam uma grande quantidade de maconha na casa dele, em Irecê.(VB)