Reeleito com a maior votação da história da Bahia, o governador Rui Costa vai a seis cidades do interior para reuniões com lideranças políticas de oito territórios de identidade do estado esta semana. Os encontros vão acontecer na quarta-feira (17), em Itapetinga e Itabuna; na quinta, em Teixeira de Freitas e Porto Seguro; e na sexta, em Vitória da Conquista e Jequié. A primeira reunião política, com lideranças do Médio Sudoeste da Bahia, será às 9h de quarta no Rotary Club de Itapetinga. Neste mesmo dia, Rui Costa vai a Itabuna para o encontro com representantes do território Litoral Sul, às 14h, no auditório da Faculdade Santo Agostinho.


As estratégias e os apoios de Haddad, o candidato a presidente que obteve 29% dos votos válidos

Ao se encontrar na segunda-feira 8 com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, numa cela da sede da Polícia Federal, em Curitiba, Fernando Haddad, candidato do PT à Presidência da República, ouviu o seguinte conselho de seu padrinho e mentor político: “Agora você precisa brilhar. Brilhar não, tem de irradiar luz por onde passar”, disse Lula, gesticulando com as mãos e sentado numa mesa de quatro lugares. “Você é melhor que ele em todos os quesitos.” O encontro com Lula foi a primeira agenda de Haddad após garantir um lugar no segundo turno da eleição presidencial com 29% dos votos, em comparação aos 46% do candidato do PSL, Jair Bolsonaro. Além de Haddad, estavam na cela o coordenador de sua campanha, Emidio de Souza, e o advogado Luiz Eduardo Greenhalgh. Todos ainda estavam com ressaca da noite anterior, quando viram de perto a possibilidade de o capitão da reserva do Exército vencer as eleições no primeiro turno. Na reunião, Lula liberou o ex-prefeito de visitá-lo em Curitiba nas próximas semanas.


As alianças e os planos de Bolsonaro, o candidato a presidente que obteve 46% dos votos válidos

Uma semana antes de ser atingido por uma facada na barriga, em 6 de setembro, o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, e seu filho Eduardo — reeleito deputado, com a maior votação do país — foram recebidos para um almoço numa esplêndida cobertura com vista de 360 graus para o duro skyline de São Paulo. Ali, no centro financeiro da capital, fica o escritório do empresário Mario Garnero, talvez o personagem que melhor transitou entre governos de esquerda, de direita, de centro, militares e civis, no Brasil e no exterior, nas últimas cinco décadas. Dono da Brasilinvest, foi Garnero quem apresentou o então coordenador da campanha de Lula, José Dirceu, ao então presidente americano, George W. Bush — o que foi entendido como o primeiro movimento “amansa elites” contra a temida “onda vermelha” na eleição de 2003 e que teve como fecho de ouro a Carta aos Brasileiros, suave conversão petista aos valores capitalistas.


 

Amargosa: Homem é preso suspeito de comandar quadrilha que agride e rouba idosos

Foto: Reprodução / UFRB

Um homem suspeito de chefiar uma quadrilha que ataca e rouba idosos foi preso nesta quinta-feira (11), no município de Amargosa. O suspeito, identificado como Gilvan dos Santos Batista, conhecido como Ju, é responsável por comandar um grupo que agride idosos para conseguir dinheiro de aposentadorias e eventuais poupanças. Eles invadiam casas onde só idosos moram ou imóveis em que as vítimas estão sozinhas no local.  Segundo a Polícia Civil, uma das vítimas tem 104 anos. Gilvan teve a prisão preventiva solicitada à Justiça e foi capturado no início desta manhã. Ele é considerado suspeito pela morte do pai, após o idoso cobrar o pagamento de um empréstimo. O suspeito será transferido para o sistema prisional. Segundo o G1, é investigado pela delegacia da cidade. Outros integrantes do grupo são procurados.


Datafolha para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 58%; Haddad, 42%

O Datafolha divulgou nesta quarta-feira (10) o resultado da primeira pesquisa do instituto sobre o segundo turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado nesta quarta, dia 10, e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos.
Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:
 Jair Bolsonaro (PSL): 58%
Fernando Haddad (PT): 42%

(Fonte: Voz da Bahia)


Cabo Daciolo (Patriota) pediu nesta quarta-feira (10) a Rosa Weber, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a anulação do primeiro turno das eleições e a adoção do sistema de cédulas para o registro do voto. O candidato que concorreu à Presidência da República, aponta que no último domingo (7) “inúmeras denúncias de mau funcionamento” e de “adulteração de grande contingente de urnas” surgiram em todas as regiões do País. O parlamentar encerrou o primeiro turno da eleição presidencial em sexto lugar, com 1,3 milhão de votos (1,26% do total), à frente do ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles (MDB) e da ambientalista Marina Silva (Rede). Ao chegar ao TSE para protocolar o pedido, Daciolo provocou um frenesi entre servidores da Corte Eleitoral, que largaram o trabalho para tirar fotos com o parlamentar. De acordo com o jornal Estado de S.Paulo, Daciolo atendeu aos pedidos de cada servidor e repetiu diversas vezes “Glória a Deus” em vídeos gravados dos celulares dos funcionários do TSE. “A imprensa noticia que foram substituídas 2.400 urnas no primeiro turno, este número é exemplificativo de grave falha no sistema, seja por irregularidade técnica ou seja pelo indício de fraude, haja vista que certamente essas urnas que foram recolhidas refletem uma irregularidade sistêmica de grandes proporções que certamente não foi detectada”, alega o parlamentar em sua petição. ( Fonte: Bahia Noticias / Foto: Antônio Augusto-Camâra dos Deputados)


Mais de 33% de eleitores que não optaram por Haddad e Bolsonaro estão em jogo no 2º turno

O total de eleitores cujo os candidatos escolhidos não foram para o segundo turno representam 33,48% dos votos válidos do dia 7 de outubro. Esses eleitores terão que escolher no dia 28 deste mês entre aqueles candidatos que não eram os seus preferidos. Quanto aos candidatos, eles terão que conquistar e convencer esses eleitores. Esses eleitores podem ainda contribuir para o índice de abstenções. Historicamente esse número aumenta em segundos turnos, segundo a Folha de S. Paulo. A eleição em dois turnos contribui, ainda, para que os mais votados também façam as suas composições com os não eleitos, em busca de um maior fortalecimento para a nova disputa e uma futura gestão. Aqueles eleitores com inscrição regular e que por alguma razão não votaram no primeiro turno poderão participar do segundo turno do pleito, pois são eleições independentes. (Fonte: Bahia Notícias / Foto: TV  Globo)


Dando continuidade aos agradecimentos pelos votos conquistados nas eleições 2018, o Programa Enfoc Geral, da Rádio Líder FM, contou, nessa quarta-feira (10), com a participação da Vereadora Eliene Batista. Ela comentou a campanha feita para os candidatos: Dr. Davi Rios (PSDB) – Deputado Estadual – e Alice Portugal (PCdoB) – Deputada Federal, ressaltando ter sido uma campanha simples e tranquila, mas com grandes resultados. Eliene afirmou estar muito feliz e satisfeita, com os resultados obtidos, Dr. Davi – 1.463 (eleito) e Alice Portugal – 1.738 (eleita), e pelo reconhecimento da população. Além disso, ela falou sobre os benefícios trazidos pelos seus candidatos para Laje, com destaque para os atendimentos de saúde e cidadania nas comunidades (Dr. Davi) e o Pelc (Alice). Eliene também confirmou que seu nome continua à disposição para o pleito 2020.


Nordeste é alvo de xenofobia por levar Haddad ao segundo turno da eleição

Foto: Blog Lucia Rocha

Com o PT garantido no segundo turno das eleições graças ao resultado da votação no Nordeste, a região foi, mais uma vez, alvo de xenofobia nas redes sociais. Eleitores do candidato Jair Bolsonaro (PSL), que por pouco não foi eleito nesse domingo (7), fizeram agressões verbais que sugerem a separação ou até o extermínio do povo da região. “Esses nordestinos têm que se fuder mesmo. Esses cabeçudos. Depois reclama da miséria e pobreza e não sabe o motivo”, disse um perfil. “Campos de concentração para baianos já”, escreveu um outro perfil. “Baiano é tudo fudido”, postou mais um. 


Veja a lista de deputados federais eleitos pela Bahia

A Bahia elegeu neste domingo (7) os deputados federais que irão assumir um novo mandato na Câmara Federal a partir de janeiro de 2019. O Pastor Sargento Isidório (Avante) foi o postulante mais votado de toda a Bahia, com praticamente o dobro de votos do segundo colocado, o ex-presidente da Desenbahia, Otto Alencar Filho (PSD). O time do governador Rui Costa (PT) também saiu vitorioso. A bancada favorável ao governo estadual deve crescer já que o petista tem 9 candidatos entre os mais votados. Confira a lista eleitos para a Câmara Federal pela Bahia:


Confira a lista dos deputados estaduais eleitos na Bahia

A eleição do governador Rui Costa (PT) no 1º turno foi brindada com a vitória de seus aliados para a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). Com as eleições deste domingo (7), Rui ficou com a maioria entre os eleitos para a AL-BA, e terá em sua base pelo menos 42 entre os 63 que ganharam a eleição. Acompanhado do pai, o Pastor Sargento Isidório, João Isidório (Avante), foi o postulante mais votado. Confira abaixo a lista com o nome dos deputados estaduais baianos eleitos:


Jaques Wagner e Angelo Coronel são eleitos senadores pela Bahia

Candidatos da chapa do governador reeleito Rui Costa (PT), o ex-governador da Bahia Jaques Wagner (PT) e Angelo Coronel (PSD) foram eleitos, neste domingo (7), senadores pelo estado pelos próximos 8 anos. Com aproximadamente 100% das urnas apuradas, Wagner teve mais de 4 milhões de votos, o que corresponde a 35,62%. Já o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) conquistou cerca de 3,77 milhões de votos, 32,84%. O deputado federal Irmão Lázaro (PSC), que até a última semana era apontado como o favorito para a segunda cadeira na Câmara Alta pelas pesquisas, fechou as urnas em 3° lugar com 1,7 milhão de votos, ou 15,46%. Jutahy Magalhães Jr. (PSDB) terminou na quarta colocação com menos de 1 milhão votos, 7,98%. Candidato de Jair Bolsonaro (PSL) ao Senado, Comandante Rangel (PSL) amargou no 5° lugar com 574 mil votos, 4,88%.