O eleitor que não compareceu às urnas no primeiro turno das eleições municipais de novembro tem até esta semana para justificar a ausência. Caso o procedimento não seja realizado, será preciso pagar uma multa. Quem não regularizar a situação pode ficar sujeito a restrições. O prazo vence na quinta-feira (14) para quem faltou ao primeiro turno das eleições municipais 2020. Para o segundo turno, o limite é 28 de janeiro.


Na manhã desta segunda-feira, 04 de janeiro, o presidente da Câmara Municipal de Valença, Fabrício Lemos (PP), iniciou seus atendimentos no prédio onde funciona atualmente as instalações da câmara municipal. Na oportunidade os edis receberam as chaves dos seus respectivos gabinetes, recebeu também os novos assessores parlamentares e funcionários da câmara municipal. O presidente Fabrício Lemos (PP) destacou que o diálogo entre todos os edis será primordial para a administração da câmara, a transparência das suas ações e a fiscalização do poder público junto a população. A Câmara Municipal de Valença funciona atualmente no prédio situado na rua Vereador Antônio Souza. O horário de expediente para atendimento ao público externo é de segunda-feira a sexta-feira, das 07h30 às 13h30.

ASCOM / Câmara Municipal de Valença


O vereador Laelson Jesus dos Santos (PCdoB) foi eleito nesta sexta-feira (01) presidente da Câmara pelos próximos dois anos. Laelson conseguiu vitória com sete votos, sendo o candidato único e está no seu segundo mandato no poder legislativo. Votaram a favor da eleição de Laelson os vereadores: Cau Guarda (Podemos), Fabinho da Jacuba (PP), Ivan Menezes (PP), Julinho (PP), Marcelo Andrade (PcdoB), Toinho do Alto (PT). “Essa vitória é uma demonstração da seriedade e do trabalho que será desenvolvido na Câmara Municipal de Ubaíra-Ba com muita dedicação, transparência e independência entre os poderes Legislativo e Executivo. Agradeço aos votos que foram fundamentais nesse processo”, disse o presidente eleito. 

Confira a composição completa da Mesa Diretora:

Presidente: Laelson J. Dos Santos (Laelson de Bizer)
Vice-presidnte: Antonio dos Santos (Toinho)
1º Secretário: Manoel França (Julinho)
2º secretário: Claudio Neres (Cau Guarda).

(Ascom)


Nesta sexta-feira (01) aconteceu, no plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Laje, a cerimônia de posse do Prefeito Klédson Duarte Mota (Binho de Mota) e da Vice-prefeita Eliene Batista, bem como dos vereadores que representarão o povo no quadriênio 2021/2024. Devido à pandemia da covid-19, a fim de não promover aglomeração, o evento foi restrito apenas aos representantes do Executivo e Legislativo que foram empossados e a alguns familiares dos mesmos. Binho de Mota foi reeleito prefeito de Laje com 8.060 votos e agora, ao lado de Eliene Batista, ex-vereadora do município por dois mandatos, estará mais uma vez à frente do Executivo Municipal. Em entrevista concedida à Repórter Adriana Santiago, da Rádio Líder FM de Laje, o Prefeito agradeceu aos votos de confiança que recebeu e afirmou que neste mandato, com mais experiência, e com o apoio da vice-prefeita Eliene Batista, trabalhará ainda mais para proporcionar qualidade de vida ao povo de Laje, fazendo do município uma referência no Vale do Jiquiriçá. 

Assista a cerimônia completa e as entrevistas.

Fonte: Rádio Líder FM/Laje


Aconteceu, nesta sexta-feira (01), no Plenário da Câmara Municipal de Laje, a cerimônia de posse  dos eleitos nas eleições municipais 2020 e que estarão à frente do Executivo e Legislativo do município no quadriênio 2021/2024: Prefeito (Klédson Duarte Mota), Vice-Prefeita (Eliene Batista) e Vereadores (Roberval do Cacau, Jaquinho, Jeanne Alves, Nai do Rio de Areia, Renê Macedo, Jeir Santana, Josevan Lobo, Misa, Peba, Nete Argolo e Marcelo Vale Fruti). Na oportunidade, aconteceu a eleição para a nova Mesa Diretora da Casa, bem como a posse da mesma. O Vereador Josevan Lobo, que esteve na presidência da Câmara nos últimos quatro anos, foi eleito novamente presidente, ao lado dos demais integrantes da chapa: Vice-presidente: Nete Argolo, 1º Secretário: Renê Macedo e 2º Secretário: Roberval do Cacau; de modo que estarão à frente do Legislativo pelo biênio 2021/2022. Em entrevista concedida à Equipe de Reportagem da Rádio Líder FM, o Presidente externou sua alegria em estar ali representando o povo e destacou a responsabilidade e seriedade do trabalho que vem sendo desenvolvido por ele nesses anos, bem como a imparcialidade com que sempre tratou seus edis. O Presidente ainda ratificou que, embora sua chapa seja composta por membros da bancada de oposição, ele permanece no grupo do Prefeito Binho de Mota. Josevan foi reeleito Presidente da Câmara com seis votos (Josevan, Renê, Nete, Roberval, Marcelo e Misa). Assista a cerimônia completa e as entrevistas.

Fonte: Rádio Líder FM/Laje


Na manhã desta sexta-feira (01) aconteceu, no plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Mutuípe, a cerimônia de posse do Prefeito Rodrigo Maicon (Digão), do Vice-prefeito Roque Ramos e dos vereadores que representarão os mutuipenses no quadriênio 2021/2024. O evento foi restrito aos empossados e a poucos familiares, devido à pandemia da Covid-19, a fim de não promover aglomeração.  Em entrevista concedida ao Repórter Marcos Paulo, da Rádio Líder FM de Laje, o Prefeito agradeceu aos votos de confiança que recebeu, comentou a parceria com seu vice, Roque Ramos, bem como reafirmou o compromisso com o povo de Mutuípe de trabalhar ainda mais pelo município nos próximos quatro anos. Digão e Roque Ramos foram reeleitos com 8.062 votos. Confira a cerimônia completa e todas as entrevistas.


Fonte: Rádio Líder FM/Laje


A maioria dos eleitores que não foram votar nas eleições municipais desse ano alegaram medo de contrair a Covid-19, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto DataSenado. Segundo o levantamento, 80% dos eleitores entrevistados votaram, e dos 20% que não compareceram às urnas, 59% não tiveram os motivos detalhados e 1% não quis responder. Entre os entrevistados que disseram ter ido votar, 52% afirmaram ter se sentido muito seguros no momento da votação; 30%, pouco seguros; e 16% responderam que não se sentiram nada seguros.


Após pressão de líderes para que o presidente da casa, Davi Alcolumbre, colocasse rapidamente em pauta, o Senado aprovou um projeto que derruba a portaria da Fundação Palmares que excluía uma série de personalidades negras na lista de notáveis da instituição. Dentre as personalidades excluídas da lista da Fundação Palmares estão nomes como Zezé Motta, Gilberto Gil, Marina Silva, Milton Nascimento e Elza Soares.


Foto : Isac Nóbrega /PR

O presidente da República Jair Bolsonaro nomeou Gilson Machado, então presidente da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur), como novo ministro do Turismo. A decisão foi divulgada na madrugada de hoje (10) no Diário Oficial da União. No mesmo documento, a demissão de Marcelo Álvaro Antônio, que ocupava o cargo, foi comunicada. 


O eleitor que não compareceu às eleições realizadas no último domingo (30/11) tem até 60 dias para justificar a ausência na Justiça Eleitoral. A justificativa deverá conter a documentação comprobatória da impossibilidade de comparecimento ao pleito. A requisição pode ser feita por meio do aplicativo de celular e-Título, pelo Sistema Justifica ou por meio do comparecimento a um cartório eleitoral para a entrega do Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE), que pode ser preenchido aqui . O requerimento pode ser enviado pelos correios ao juiz da zona eleitoral na qual o eleitor for inscrito, acompanhado da documentação comprobatória da impossibilidade de comparecimento ao pleito. 


Foto : Ricardo Stuckert/Instituto Lula

O Partido dos Trabalhadores (PT) não elegeu nenhum prefeito em capitais do Brasil este ano pela primeira vez desde a redemocratização. Dentre as 15 candidaturas do partido no 2° turno das eleições municipais, ocorridas neste domingo (29), 11 foram perdidas, o que inclui Recife e Vitória, as duas capitais onde a sigla disputava. O partido era o que tinha a maior quantidade de candidatos na disputa do 2° turno, mas só elegeu os prefeitos de Juiz de Fora (MG), Contagem (MG), Diadema (SP) e Mauá (SP).


O presidente Jair Bolsonaro mentiu ao dizer que não há vídeo ou áudio em que ele tenha chamado de “gripezinha” a Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. A declaração foi dada ontem (26), durante uma live nas redes sociais. O presidente estava acompanhado do ministro da Educação, Milton Ribeiro, e do secretário de Alfabetização do Ministério da Educação, Carlos Nadalim.