Em ano de eleições, muitos aproveitam alguma fama para tentar uma cobiçada vaga na política. Se na Bahia figuras icônicas como Ninguém, Cacete Pão Dividido e Emerson, o Bolsomaritano, já registraram as suas candidaturas, o estado de Alagoas ganha um forte candidato no quesito irreverência. Dinho Kapp, conhecido pelo vídeo “Papa Capim dos meus sonhos”, deve concorrer à vaga de Deputado Estadual em Alagoas pelo Partido Social Democrático (PSD), legenda do candidato ao senado da Bahia, Ângelo Coronel. Nas redes sociais, uma peça com a foto de Dinho já circula com o slogan “Voto dos meus sonhos”, em alusão ao seu jargão que ficou popular na internet. O status da sua candidatura no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no entanto, ainda consta como à espera de “julgamento”. Nesta segunda-feira (20), o canal oficial de Dinho Kapp no YouTube publicou um vídeo de divulgação da sua campanha. Ele ficou conhecido por filmar conversas e interações com seus pássaros de estimação, da espécie “papa capim”. (Bahia.Ba)


O comando da Câmara Federal deu um ultimato para o deputado Paulo Maluf (PP): Ele tem até amanhã (22) para renunciar ou terá o mandato cassado. Segundo a Coluna do Estadão, o progressista não descarta dispensar o formalismo de protocolos e anunciar a renúncia por meio de carta endereçada à Mesa Diretora da Casa. Até a noite de ontem (20), no entanto, ainda não havia batido o martelo. Em maio do ano passado, o Supremo condenou Maluf a 7 anos, 9 meses e 10 dias de prisão por lavagem de dinheiro e determinou que a Mesa Diretora da Câmara decretasse a perda do mandato. A decisão ainda não foi tomada porque há divergência. Uma ala defende que o plenário deve decidir sobre a cassação e não a direção. Outra acha que isso seria descumprir a determinação judicial. (metro1)


A pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (20) apurou os percentuais de intenção de voto para presidente da República em dois cenários com candidatos diferentes do PT – o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no primeiro cenário e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad no segundo.

Cenário com Lula

No cenário que inclui como candidato do PT o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a pesquisa apresentou o seguinte resultado:

  • Luiz Inácio Lula da Silva (PT): 37%

  • Jair Bolsonaro (PSL): 18%

  • Marina Silva (Rede): 6%

  • Ciro Gomes (PDT): 5%

  • Geraldo Alckmin (PSDB): 5%

  • Alvaro Dias (Podemos): 3%

  • Eymael (DC): 1%

  • Guilherme Boulos (PSOL): 1%

  • Henrique Meirelles (MDB): 1%

  • João Amoêdo (Novo): 1%

  • Cabo Daciolo (Patriota): 0

  • Vera (PSTU): 0

  • João Goulart Filho (PPL): 0

  • Branco/nulos: 16%

  • Não sabe/não respondeu: 6%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de S.Paulo”. É o primeiro levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.


Representantes do PT e do PCdoB pediram na tarde desta quarta-feira (15) o registro de candidatura do ex-Lula (PT), que está preso desde abril e, em tese, inelegível pela Lei da Ficha Limpa. O registro foi pedido por um grupo formado pelo ex-ministro Fernando Haddad (PT), vice na chapa e que deve substituir Lula em caso de veto da candidatura. Já Manuela D’Ávila (PCdoB), pode assumir a vice após uma definição da Justiça sobre a situação de Lula; as presidentes do PT e do PCdoB, Gleisi Hoffmann e Luciana Santos; o deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR), filho do ex-ministro José Dirceu; e os advogados Luiz Fernando Casagrande Pereira e Fernando Neisser. Haddad foi apresentado ao tribunal como candidato a vice-presidente. Após o pedido de registro, Gleisi confirmou que a certidão criminal de Lula entregue ao TSE é a do domicílio eleitoral do petista. Desta forma, a certidão não inclui as condenações de Lula na Lava Jato, que foram dadas por tribunais da região Sul. Após deixar o prédio do tribunal, Gleisi exibiu o papel que comprova o pedido de registro à militância como um troféu, e foi saudada de forma efusiva. “Lula é candidato”, gritou a senadora. “Eles achavam que iam nos destruir, que nós não iríamos resistir, mas nós ficamos de pé, como povo brasileiro, que é corajoso, que enfrenta todas as adversidades. Nós enfrentamos esses golpistas porque queremos acabar com o retrocesso dos direitos sociais”, declarou Dilma. “Eles podem ter nos dado um golpe em 2016 […] mas estão derrotados porque não tem um candidato dos golpistas que pode enfrentar o candidato do Partido dos Trabalhadores”, completou, ouvindo de volta gritos de “fora, Temer”.


O PSL, partido do presidenciável Jair Bolsonaro, não digere bem a candidatura do vereador de Salvador, Igor Kannário (PHS) a deputado federal na coligação com o PRTB e PPS.  A legenda tem recebido manifestações contrárias à presença no grupo do cantor conhecido como ”Príncipe do Guetto”. ”Repudiamos a conduta dele”, disse a presidente do PSL na Bahia, Dayane Pimentel. A dirigente diz que a legenda busca conversar com o PHS, mas entende que ele é apto a se candidatar. ”E nós vamos lutar para que os votos dele eleja alguém de bem. Ele é nosso concorrente”, disse ela. Embora fechada nacionalmente junto ao PRTB, no estado, a coligação que incluiu o PPS e PHS passou pela retirada da candidatura do vice de João Henrique, que era do PSL e acabou sendo substituído por um membro do próprio PRTB. Além disso, o PSL baiano também ainda não definiu quem irá apoiar no pleito ao Palácio de Ondina, mesmo com o ex-prefeito de Salvador dizendo que se tornaria ”favorito” com o apoio de Bolsonaro. (BMF)


 Rui participa de marcha ao TSE em prol do registro da candidatura de Lula

O governador Rui Costa (PT) participa, nesta quarta-feira (15), em Brasília, da marcha até a sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para registro da candidatura do ex-presidente Lula à Presidência da República. Além do governador, que é candidato à reeleição, participam também do evento deputados federais e estaduais baianos. Segundo o presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação, cerca de 2 mil baianos viajarão para a capital federal para participar do ato. (VB)


Em publicação feita nas redes sociais nesta quinta-feira (9), o pré-candidato à reeleição pelo PT, Rui Costa, comentou a série de entregas que estão sendo realizadas pelo Governo do Estado nos últimos dias. ”Só porque eu não estou indo nas inaugurações, não quer dizer que elas pararam de acontecer. Só hoje ainda tem mais duas: novo Cicom em Euclides da Cunha e a passarela da estação de metrô de Pituaçu. A correria continua”, escreveu Rui no post onde aparece correndo em um vídeo correndo na frente de algumas entregas feitas esta semana. As inaugurações desta semana começaram na segunda-feira (6), com o Centro de Parto Humanizado do Subúrbio, localizado nas novas instalações da Maternidade João Batista Caribé, no bairro de Plataforma, em Salvador. De acordo com o titular da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), Fábio Vilas-Boas, que realizou a entrega, o equipamento tem capacidade para realizar 100 partos de baixo risco por mês. Na quarta-feira (8), foi a vez da inauguração do novo Terminal de Ônibus Aeroporto, com capacidade para receber mais de 100 mil passageiros por dia. No mesmo dia, também foram entregues 49 novas viaturas ao Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual, resultado de um convênio firmado entre as secretarias da Segurança Pública (SSP) e de Infraestrutura do Estado (Seinfra), no valor de R$ 4 milhões. Nesta quinta-feira (9), a população soteropolitana comemorou a entrega de mais um equipamento de mobilidade, a nova passarela da Estação Pituaçu, garantindo uma travessia mais segura, com conforto e comodidade. Ainda hoje, em Euclides da Cunha, no nordeste baiano, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) entrega o Centro Integrado de Comunicações (Cicom). A estrutura permitirá acionamento das forças de segurança estaduais com mais agilidade, pelo cidadão, através dos números 190 e 197. O governador Rui Costa, que tentará a reeleição em Outubro, não pode participar de inaugurações ou entregas de obras do Governo do Estado, por força da lei eleitoral, desde o dia 7 de julho. (BMF)


Imagem relacionada

Na noite da próxima quinta-feira (9), os presidenciáveis se encontrarão na TV Bandeirantes, em São Paulo, para o primeiro debate entre eles em virtude das Eleições 2018. Lula Inácio Lula da Silva, que teve oficializada a sua candidatura ao Planalto no último sábado (4), durante uma convenção do PT, vai à Justiça para tentar participar do debate na Band. De acordo informações, o ex-presidente reforçará o pedido no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Recorda-se que uma primeira solicitação já foi feita e negada pela juíza federal Carolina Lebbos, que julgou na primeira instância, no último dia 17 de julho. Agora a questão está no TRF-4 e ainda não foi analisada pelo desembargador João Pedro Gebran Neto. O jornalista Ricardo Boechat, que é um dos responsáveis pelo debate da Band, disse na manhã desta segunda-feira (6), em seu programa na rádio, que se Lula não for liberado para participar do encontro, ele não poderá ser representado por outra pessoa, neste caso, o vice da chapa, Fernando Haddad. “Não cabe à Band garantir que ele saia da cadeia para vir ao debate. Cabe à Band convidar o partido para trazer seu candidato, seja ele qual for. Agora, pelo andar da carruagem, é improvável que o Lula tenha autorização da Justiça para deixar a cadeia para participar não só do debate da Band, como qualquer outro ato de campanha”, declarou Boechat. Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, desde o dia 7 de abril. Ele foi condenado em segunda instância a 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. No entanto, a candidatura dele será registrada pelo PT no Tribunal Superior Eleitoral, no dia 15 de agosto. (Noticiasaominuto)


O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) rejeitou o pedido do diretório estadual do Democratas (DEM) para punir o governador Rui Costa (PT) por propaganda eleitoral antecipada. Na ação, o DEM questionou se o candidato à reeleição fez campanha fora do prazo legal com a utilização de um ônibus plotado na caravana “Programa de Governo Participativo” (PGP), iniciativa que foi até o interior da Bahia para divulgar o programa de governo de Rui. Na representação, os representantes viram propaganda eleitoral antecipada no uso de um ônibus plotado como meio de transporte do PGP. De acordo com o advogado do DEM, Ademir Ismerim Medina, os pré-candidatos da base governista não utilizam o meio de transporte de rodas para viagens ao interior, que na verdade teve efeito de outdoor para Rui durante a pré-campanha. O TRE veda a utilização de outdoor para fins de propaganda, bem como uso de engenho publicitário que cause o mesmo efeito fora do período do processo eleitoral. Na contrapartida da ação, a relatora do caso, a juíza Gardenia Duarte, entendeu que Rui e o seu grupo podem transitar em qualquer meio de transporte sem que isso se configure ato de propaganda eleitoral antecipada. A magistrada, na sua decisão, também desqualificou o apontamento de propaganda eleitoral antecipada na plotagem do ônibus, uma vez que não há referência alguma aos nomes e números dos candidatos no veículo. (BN)


ex-presidente cassada, Dilma Rousseff (PT), e o atual governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), foram formalizados como candidatos na manhã deste domingo, 05, em convenção do PT para as eleições 2018. Dilma tentará uma vaga no Senado, enquanto Pimentel vai disputar a reeleição. O evento foi marcado por críticas ao senadores tucanos Aécio Neves e Antonio Anastasia, candidato do PSDB ao governo de Minas Gerais. Uma carta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), condenado e preso na Operação Lava Jato, foi lida na convenção. “Aécio Neves está lançando um prato novo, meio diferente, que não tem muito a ver com a cozinha mineira nem é muito ecológico: o escondidinho de tucano. O povo mineiro não vai engolir essa receita indigesta”, diz Lula na carta. Aécio declarou, na última quinta, 2, que será candidato a deputado federal. Dilma e Pimentel não falaram com a imprensa e se limitaram apenas aos discursos. Além das críticas aos opositores, a libertação do ex-presidente Lula, que foi formalizado pelo PT no sábado, 4, como candidato à Presidência, também foi bastante mencionada. Em seu discurso, Dilma relembrou do processo de impeachment, sofrido por ela em 2015. “Nós vamos, aqui em Minas, combater esse golpe que tem dos dois principais protagonistas. Um que perdeu a eleição, outro que destruiu o orçamento do Estado de Minas e entregou para o Pimentel um Estado falido.” O governador petista disse que sofreu “perseguição com processos injustos” no mandato no governo mineiro. Ele criticou também a construção da Cidade Administrativa, chamando de “símbolo da arrogância tucana”. “Todo mundo sabe o que estão fazendo com o Brasil, o que estão vendendo do nosso patrimônio à preço de banana”, afirmou Pimentel, criticando o governo de Michel Temer (MDB). Na convenção, não foi anunciado o restante da composição da chapa petista.


O candidato à reeleição ao governo do Estado, Rui Costa (PT), preferiu apostar na figura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no discurso da convenção que homologou sua participação na disputa, realizada na manhã deste sábado (4), no Parque de Exposições, em Salvador. Dedicando a parte inicial do seu discurso a falar sobre a prisão de Lula e das realizações dos governos dele no Brasil, Rui parece ter adotado a estratégica que deve ser uma das tônicas de sua campanha: apropriar-se da figura do ex-presidente preso. ”Não é o primeiro na história da humanidade que alguns que acham que o mundo é só para ele que querem punir aqueles que acham que o mundo é para todos. A semente que ele plantou ninguém nunca vai apagar nesse país”, afirmou Rui, ao dedicar a convenção ao petista. Como natural de um candidato à reeleição, também falou de realizações do seu governo. Deu destaque à área da saúde, citando a criação de 19 policlínicas regionais de saúde e a inauguração do Hospital da Mulher. Algo que trouxe no discurso foi a questão econômica, considerada um dos pontos fortes de sua gestão, pelo fato de, em tempo de crise econômica, o estado não ter vivido o sufoco financeiro de outras unidades da federação. O governador também apostou na imagem do homem de família. Agradeceu a mulher, Aline Peixoto, pela parceria e fez uma parte do discurso com uma das filhas pequenas ao lado.