Lider 87 FM
Fotos: Tânia Rêgo / Agência Brasil | Ricardo Stuckert

Após o encerramento da votação no Acre, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começou a divulgar as parciais para as eleições para a Presidência da República, que já apontam matematicamente um enfrentamento entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) no segundo turno das eleições 2018. O candidato do PSL aparece com 47,35%, enquanto o petista é opção para 27,55%. Até o momento, foram apuradas 87,91% das urnas brasileiras. (BN)


Rui Costa (PT) foi eleito para o seu segundo mandato como governador da Bahia no primeiro turno da eleição, realizado neste domingo (7). A vitória dele já era projetada nas pesquisas de intenção de voto divulgadas ao longo da campanha, que indicavam larga vantagem sobre Zé Ronaldo (DEM). Ao longo das parciais divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até o momento, o petista aparece sempre com mais de 70% dos votos válidos. A vitória de Rui representa também o quarto mandato consecutivo do PT no governo da Bahia. A comemoração do partido está marcada para acontecer no bairro do Rio Vermelho, em Salvador, na noite deste domingo. No local, ele deve concecer entrevista coletiva à imprensa. Em 2014, o petista também foi eleito no primeiro turno, mas com 54,53% dos votos válidos. Há quatro anos, o segundo colocado também era do DEM. Paulo Souto teve 37,39% dos votos válidos. (BN)


 

S. A. de Jesus: Chefe de cartório esclarece que transporte disponibilizado para eleitores estará com identificação

Foto: Reprodução

A justiça eleitoral irá disponibilizar transporte público para os eleitores da zona rural do município de Santo Antônio de Jesus neste domingo (07) durante o horário da votação. Essa disponibilização de transporte que costuma ser um procedimento comum nos municípios muitas vezes é utilizada de má fé, quando grupos políticos usam o transporte como moeda de troca. O chefe do cartório municipal, Jonas Ribeiro, em entrevista à Voz da Bahia alertou a população sobre o que diz a lei eleitoral em relação a isso, “o que a lei diz é o seguinte, é uma lei de 1974, mas que está vigente, e a lei são especifica, ‘o transporte de eleitor no dia da eleição oferecido pela justiça eleitoral, é do eleitor da zona rural”, disse deixando claro que o transporte é um direito e que não deve ser usado como barganha. Ele fez questão de salientar que o transporte é oferecido pela justiça eleitoral e o mesmo é livre para qualquer eleitor, “esses veículos ficam a disposição da justiça eleitoral, identificado no seu para-brisa com o disco da justiça eleitoral, com o condutor devidamente identificado com o crachá que ele está a serviço da justiça eleitoral, e esse veículo tem que transportar todo tipo de eleitor de qualquer tipo de tendência política, mas só é regulamentado para o eleitor da zona rural”, informou. Jonas comentou ainda que os veículos que são escolhidos por uma comissão com representantes dos mais diversos partidos obedecem a um roteiro programado que deve ser respeitado, “é feita uma comissão de transporte, as indicações dos membros que integram essa comissão são feitas pelos partidos políticos que estejam em vigência no município, faz-se a comissão, e essa comissão define as rotas, a partida e a chegada de cada um dos veículos”, esclareceu. (Voz da Bahia)


Ibope: Wagner e Irmão Lázaro lideram intenções de voto ao Senado na Bahia

A última pesquisa Ibope de intenção de voto para o Senado antes da eleição deste domingo (7) indicou Jaques Wagner (PT) com 44% das intenções de voto, o segundo colocado, Irmão Lázaro (PSC), aparece com 30%, e o terceiro, Angelo Coronel (PSD), com 27%. A margem de erro da pesquisa divulgada neste sábado (6) é de dois pontos percentuais para mais ou menos. O Ibope ouviu 2002 eleitores entre os dias 4 e 6 de outubro. O levantamento foi registrado no TRE sob número BA-07427/2018 e no TSE BR/07032/2018.

Jaques Wagner (PT) – 44%

Irmão Lazaro (PSC) – 30%

Angelo Coronel (PSD) – 27%

Jutahy Jr. (PSDB) – 13%

Comandante Rangel (PSL) – 4%

Jorge Vianna (MDB) – 4%

Fábio Nogueira (PSOL) – 3%

Marcos Mauricio (DC) – 3%

Francisco José (Rede) – 2%

Adroaldo dos Santos (PCO) – 1%

Celsinho Cotrim (PRTB) – 1%

Nulos/Brancos – 15%

Não sabe/Não responderam – 29% (VB)

 

 

 


 Ibope - Bahia, votos válidos: Rui Costa, 77%; Zé Ronaldo, 17%

Pesquisa Ibope divulgada neste sábado (6) aponta os seguintes percentuais de intenções de votos válidos para o governo da Bahia. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Votos válidos
Rui Costa (PT): 77%
Zé Ronaldo (DEM): 17%
João Henrique (PRTB): 2%
Célia Sacramento (Rede): 1%
Marcos Mendes (PSOL): 1%
Orlando Andrade (PCO): 1%
João Santana (MDB): 1%

Veja, abaixo, o resultado da pesquisa Ibope considerando os votos totais.

Rui Costa (PT): 62%
Zé Ronaldo (DEM): 14%
João Henrique (PRTB): 2%
Marcos Mendes (PSOL): 1%
Célia Sacramento (Rede): 1%
João Santana (MDB): 1%
Orlando Andrade (PCO): 1%
Brancos e nulos: 11%
Não sabe/Não respondeu: 8%  

Rejeição
O Ibope também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Os entrevistados podem citar mais de um candidato, por isso, os resultados somam mais de 100%. Veja os índices: 

João Henrique (PRTB): 32%
Zé Ronaldo (DEM): 22%
João Santana (MDB): 19%
Célia Sacramento (Rede): 18%
Marcos Mendes (PSOL): 17%
Orlando Andrade (PCO): 15%
Rui Costa (PT): 15%
Poderia votar em todos: 7%
Não sabem ou preferem não opinar: 22% (VB)


Por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral decidiu orientar a Justiça Eleitoral a liberar o uso de camisetas de candidatos pelos eleitores nos locais de votação neste domingo (7), primeiro turno das eleições. Conforme a decisão, o eleitor poderá usar camiseta com nome de seu candidato preferido, mas como forma de manifestação individual.

O eleitor não precisa fazer propaganda eleitoral a favor dele. De acordo com a lei eleitoral, está proibida a aglomeração de pessoas com vestuário padronizado, além de manifestações coletivas e ruidosas e qualquer tipo de abordagem, aliciamento ou persuasão de eleitores. A camiseta não pode ser distribuída pelo candidato.

Neste domingo (7), os eleitores votam, em primeiro turno, para presidente da República, governador, senador, deputado federal e deputado estadual. O segundo turno será no dia 28 deste mês. A questão foi decidida a partir de um questionamento do Ministério Público Eleitoral (MPE) diante de divergências criadas na atuação de promotores eleitorais em todo país, responsáveis pela fiscalização de propaganda eleitoral irregular.

Em todo o país, ambulantes aproveitaram o engajamento dos eleitores no pleito para comercializar camisetas de candidatos segundo informações da Agência Brasil. De acordo com o MPE, a lei eleitoral proíbe a distribuição de material de campanha no dia da eleição, como adesivos, broches, adesivos, mas a norma é omissa sobre o vestuário do eleitor. (InfoSaj)


Os eleitores que estão em dúvida com relação ao local de votação para as eleições deste ano podem conferir a informação através da internet. O TSE disponibiliza uma ferramenta online na qual o eleitor pode buscar o local onde irá votar. Para utilizar a ferramenta, basta ao eleitor inserir o nome ou número do título de eleitor, e o nome da mãe.

Com esses dados, a ferramenta informa o número de inscrição, os números da zona e da seção, o nome do local e o endereço do local. Na Bahia, estão aptos a votar nas eleições do dia 7 de outubro 10.393.170 eleitores, nos 417 municípios. O maior colégio eleitoral é Salvador, com 1.827.436 de votantes.

O menor colégio baiano é a cidade de Lajedinho, com 3.235 eleitores. Dados do Tribunal Superior Eleitoral apontam que a maior parte do eleitorado baiano é formada por mulheres. São 5.473.207 eleitoras, o que representa 52,7% do total. Já os homens baianos somam 4.917.620, o que corresponde a 47,3% dos eleitores. Dos 10.393.170 eleitores baianos, 318 são transexuais e travestis que usarão o nome social no título eleitoral.

Dentre as pessoas que solicitaram a inclusão do nome da forma como são socialmente reconhecidas, 122 delas são da capital baiana, o que corresponde a 38% deste total. Ainda de acordo com o TSE, a faixa etária com o maior quantitativo de eleitores é a que reúne pessoas entre 35 e 39 anos.

Eles somam 1.215.717 baianos, o que corresponde a 11,70% do eleitorado. Em seguida, estão os eleitores de 30 a 34 anos, faixa que reúne 1.197.892 pessoas – 11,53 % do total de eleitores baianos. Na Bahia, as eleições de 2018 terão mais de 31 mil seções eleitorais para os mais de 10 mil locais de votação. Em Salvador, são 19 zonas eleitorais e 4.808 seções. Ao todo, no estado, 124.940 mesários atuarão durante as eleições, sendo 19.232 em Salvador.

CONFIRA AQUI SEU LOCAL DE VOTAÇÃO PARA AS ELEIÇÕES 2018

Site do TSE disponibiliza ferramenta na qual o eleitor pode conferir o local de votação — Foto: Reprodução/Site TSE


Neste domingo, 7, eleitores irão às urnas em todo o país para escolher os futuros governantes. Pela Lei Eleitoral, os eleitores precisam respeitar algumas regras nos locais e no dia da votação.

Uso de bandeiras e camisetas do candidato: O eleitor pode demonstrar a preferência por um candidato, desde que seja de maneira individual e silenciosa. São permitidas bandeiras sem mastro, broches ou adesivos no local de votação, pintura no corpo, saídas de praia para quem mora em cidades praianas. Uso de camisetas foi liberado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O eleitor poderá usar a camiseta com nome de seu candidato preferido, sem fazer propaganda eleitoral a favor dele. A camiseta não pode ser distribuída pelo candidato.

Cola eleitoral: O eleitor pode levar, em papel, os números dos candidatos anotados. A cola eleitoral (imprima aqui) é permitida e recomendada pela Justiça Eleitoral, pois o eleitor irá votar para cinco cargos (deputado federal, deputado estadual ou distrital, dois senadores, governador e presidente). Não é permitida a “cola” em celular na hora de votar.

Uso de celular e tirar selfie: Na cabine de votação, celulares, máquina fotográficas, filmadoras ou outro dispositivo eletrônico não são permitidos. Os equipamentos podem corromper o sigilo do voto, ou seja, não pode tirar selfie na hora da votação ou tirar foto do voto. O eleitor que baixou o e-Título vai apresentá-lo ao mesário e depositará o celular em uma mesa enquanto estiver na cabine de votação. Ao final, o aparelho será devolvido pelo mesário.

Acompanhante: O eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida poderá contar com o auxílio de pessoa de sua confiança na hora de votar, mesmo que não tenha feito o pedido antecipadamente ao juiz eleitoral.

Alto-falante e carreatas: Uso de alto-falantes, caixas de som, comícios e carreatas são proibidos.

Boca de urna: Tentar convencer um eleitor a votar ou não em um candidato é proibido. A propaganda de boca de urna também não é permitida. São consideradas boca de urna, por exemplo, a distribuição de panfletos e santinhos de candidatos, a aglomeração de pessoas usando roupas uniformizadas ou manifestações nas proximidades das zonas eleitorais.

Bebida alcoólica: A legislação eleitoral proíbe a venda de bebida alcoólica das 6h até as 18h no dia da eleição. 


O Comandante do 14º BPM (Batalhão da Polícia Militar), o Tenente-Coronel Jader Martins,  detalhou como a PM (Policia Militar) irá trabalhar para garantir a segurança  nas eleições deste domingo (07). Segundo Jader, a PM contará com reforço, cobrirá tanto a zona rural quanto a urbana e está preparada pra qualquer situação atípica que possa ocorrer, “nosso maior reforço é a chegada do Coronel Ronaldo Souza Tosta, oficial designado pelo Comando Geral que vai também nos ajudar e jogar luzes em todas as nossas ações de policiamento porque além da experiência que tem não só como Coronel da Polícia Militar, mas como profissional da área de segurança a mais de 30 anos já participando de eleições”, explicou em entrevista. Ainda segundo o militar, o Coronel Ronaldo dará apoio a outras cidades da região também, “ele chega não só para dar apoio a mim, mas como a Cruz das Almas e Amargosa de sorte que no campo do policiamento fico bem tranquilo porque sabe que tem o apoio de um oficial experiente e que pode contribuir para a melhoria do serviço”, explicou. 

Efetivo da PM: Em se tratando do número de policias disponíveis para o pleito, o coronel informou que só em Santo Antônio de Jesus haverá mais de 150 policias, “no município nós estamos com o aporte do Batalhão, com 168 policiais, em todo o Batalhão, eu tenho 11 cidades pensadas, Santo Antônio mais 10, eu tenho um efetivo de 281 policiais. A esse efetivo eu adiciono a Guarnição de Rondesp (Rondas Especiais), somo a Guarnição de CIPE (Companhia de Polícia Especializada), ainda mais o pessoal da área de inteligência. Então, estou com um efetivo que considero interessante para esse evento. Já que a primeira ideia nossa é que o evento seja um evento tranquilo que ela se desenvolva de uma forma em paz. Qualquer que seja o senão nós temos condições de fazer frente ao evento”, disse. 

Divisões de áreas de atuação da PM: A PM trabalhará por áreas durante o pleito, buscando abranger tanto a zona rural quanto a zona urbana de maneira satisfatória, “cada área será comandada por um (a) capitão (ã). Podemo-nos pegar os oficiais nossos intermediários, e aplicar no policiamento. Nós preferimos aplicar o Capitão que é um oficial intermediário, dividindo a cidade em duas partes: a primeira parte, que é o centro da cidade fica com o Capitão Elismar e a segunda parte, que é a parte do São Benedito e etc., fica com a Capitã Isa, e a zona rural nós temos lá o Capitão Mário mais a tenente Maiara. Toda área do Batalhão, seja urbana ou rural, está devidamente coberta com o policiamento comandando sempre por um oficial. Em Nazaré, eu tenho lá o Tenente Hélio que é o Tenente da Companhia mais o Tenente Lisandro, e no Vale eu tenho lá o Capitão Rodrigo que é o Capitão da Companhia, mais o Capitão Godin”, assegurou Matias. 

Parceria com o Judiciário: A importância da parceria entre a PM e o judiciário também foi ressaltada durante a entrevista. Segundo o comandante do14º BPM, em uma reunião a PM foi instruída por juízes para que se alinhem as ações, “eles contribuem decisivamente para esse processo, inclusive sugeriram reuniões. Nós reunimos a tropa em um espaço aqui da cidade, os juízes foram para lá para orientar a tropa de como deveria ser o papel da PM nesse evento. A tropa que está na ponta do sistema é um diferencial porque eles têm dúvidas sobre como agir, as dúvidas deles são tiradas por um juiz ele sai mais fortalecido do processo”, ressaltou. 

Possíveis manifestações: Sabemos que muitas vezes acontecem manifestações populares nesse período eleitoral, assim que os resultados parciais começam a serem divulgados, ou mesmo quando as apurações das urnas terminam, há pessoas que tentam de alguma forma burlar a lei através do uso de bebidas alcoólicas, o Comandante informou que a PM estará preparada para esses possíveis eventos, “além dos policias designados para cada local de votação eu tenho uma equipe de prontidão no cartório exatamente para qualquer que seja a dificuldade. Se houver qualquer manifestação nós já temos também um efetivo pensado para atuar nesse local. Tomamos o conhecimento que pessoas pegam isopor e colocam bebida alcoólica e levam pra frente do local de votação, tudo isso vai ser coibido”, informou. 

Postura do eleitor: Matias pede a colaboração da população para vir apoiar a PM durante o pleito, “é muito importante para que se evitem maiores problemas,  e para o Comandante exercer sua cidadania de forma consciente é uma das maneiras do eleitor ajudar nesse processo, a gente espera que ele vá de forma consciente escolha o que ele acha que é o melhor para ele ou para o país dele, pra cidade, e contribua de forma pacifica para que nos tenhamos um pleito em paz. Qualquer situação que saia dessa vertente encontrará a PM para colocar o trem no trilho”, concluiu. (Vozda Bahia)


Às vésperas das eleições a polícia registrou o primeiro caso com suspeitas de compra de votos, na Bahia. Após denúncia anônima contra deputados do partido Democratas (DEM), um caminhão com 150 caixas d’água foi apreendido, no município de Bom Jesus da Lapa.

Uma guarnição da Polícia Militar recebeu a denúncia e encontrou o caminhão, placa JSF-9372, com 150 caixas d’água. O equipamentos têm capacidade para armazenar 500 litros, cada um. Informações iniciais revelaram que elas seriam instaladas em casas, no município de Serra do Ramalho.

O veículo acabou apreendido e o condutor encaminhado para a Delegacia Territorial de Bom Jesus da Lapa. A Polícia Civil busca agora saber quem estava enviando as caixas e qual o motivo. Destaquebahia


O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) negou um recurso apresentado pela defesa de Luiz Inácio Lula da Silva para que o ex-presidente possa votar no próximo domingo (7). O ex-presidente está preso em Curitiba desde 7 de abril. A legislação eleitoral permite aos presos o direito ao voto, mas são necessários 20 presos para que uma urna eletrônica seja instalada no local. A Polícia Federal não informa quantos reclusos desejam votar na carceragem de Curitiba, onde Lula está custodiado. Na decisão do juiz eleitoral Jean Leeck é dito que o ex-presidente tem direito a votar, mas não tem como realizar o deslocamento dele até a zona eleitoral. Diz ainda que não compete a Justiça Eleitoral a restrição da “sua liberdade de ir e vir”. O próprio TRE-PR já havia negado, no dia 19 de setembro, pedido do petista para poder votar. Na decisão, o presidente do tribunal Luiz Taro Oyama alegou que alguns requisitos tinham de ser cumpridos, entre eles haver no mínimo 20 eleitores aptos a votar no local. (Fonte: Bahia Noticias / Foto: Ricardo Stuckert/ Fotos Publicas)