Lider 87 FM

Foto: Sérgio Liima

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria nesta quinta-feira, 22, para confirmar a decisão que declarou a parcialidade do ex-juiz Sergio Moro na condução do processo do tríplex de Guarujá, que resultou na prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O tribunal entendeu que o reconhecimento da incompetência territorial da Justiça Federal do Paraná e a anulação das condenações do petista não invalidaram a discussão sobre a atuação de Moro no caso.


Foto: Divulgação

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria e acatou a decisão do ministro Edson Fachin de anular as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no âmbito da Operação Lava Jato.

O placar para manter a incompetência de Curitiba nas condenações do ex-presidente foi de 8 votos a favor e 3 contra.


Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, em parceria com o Bahia Notícias, ainda verificou o potencial eleitoral dos dois principais nomes colocados até aqui na disputa pelo governo da Bahia em 2022, ACM Neto (DEM) e Jaques Wagner (PT). Enquanto o ex-prefeito de Salvador tem a possibilidade de voto de 43,2%, o ex-governador tem uma “rejeição” de 44,7% dos eleitores.


Por: Reprodução/Instagram @ruicosta

O governador Rui Costa (PT) confirmou, nesta terça-feira (16), que o senador Jaques Wagner (PT) será candidato ao governo da Bahia em 2022. Wagner, de quem Rui foi sucessor em 2014, foi recentemente oficializado como pré-candidato pelo diretório estadual do PT, num movimento para fazer frente ao ex-prefeito de Salvador, ACM Neto, que é presidente nacional do DEM e principal nome da oposição na Bahia.