Salvador: Forte ventania arrasta telhados de casas na Boca do Rio; veja vídeo

Uma forte ventania destelhou algumas casas no final da manhã desta quarta-feira, 30, na Boca do Rio, em Salvador. Além dos telhados, um carro também foi atingido. O porteiro Valdir Puridade Boaventura, de 46 anos, mora na rua que aconteceu o incidente e ficou sabendo do caso após um noticiário na televisão. “Estava na porta da garagem de um colega quando vi um sombreiro em uma grande altura sobrevoando no céu. Liguei a televisão e vi o que aconteceu.Quando percebi que era perto da minha casa, fui dar uma verificada.Fiquei assustado com a telha rolando no ar. Pensei que era o fim do mundo”. Devido a intensidade dos ventos, pedaços das telhas de eternit ficaram espalhados pelas rua, localizada nas proximidade da 9ª Delegacia Territorial. Alguns ambulantes também tiveram materiais afetados. (ATarde)


Os Vereadores da cidade de Mutuípe, Índio Josaphat, ex Líder de Governo na Câmara, e Júnior Cardoso, estiveram presentes nos estúdios da Rádio Líder FM, na manhã dessa quarta-feira (30), participando do Programa Enfoc Geral. Na oportunidade, eles falaram sobre o andamento dos trabalhos do Legislativo no município, comentaram alguns projetos e destacaram o adiamento da eleição da Mesa Diretora da Câmara, que havia sido programada para acontecer na última segunda-feira (28). Segundo eles, a eleição foi suspensa devido a um ato de imposição de um grupo, que vem interferindo, constantemente, nos trabalhos da Casa. Júnior e Josaphat ainda ressaltaram que o povo quer ver transparência e que não pode haver interferência externa de um grupo político dentro do Legislativo. Os Vereadores: Josaphat (PDT), Gil (PT), Lek (PRB) e Júnior (DEM), sendo os três últimos ex presidentes, compõem uma chapa que concorre à Mesa Diretora, e afirmam estar preparados para assumir os trabalhos, garantindo não inviabilizar as atividades da gestão, mas ajudar no luta por melhorias para o povo. Eles esperam que a eleição possa acontecer o mais breve possível. Assista!

Prog. Enfoc Geral (30/05)

Posted by Rádio Líder FM de Laje on Wednesday, May 30, 2018

Fonte: Rádio Líder FM/Laje


Nesta segunda-feira (28), o Deputado Estadual Jurandy Oliveira juntamente com o prefeito de Ubaíra Fred Andrade e um grupo de empresários estiveram na secretária de desenvolvimento econômico na capital do estado Baiano para acertar os últimos detalhes de um grande projeto de desenvolvimento que leva uma fábrica de grande porte para operar suas atividades no município. A notícia que ainda tramita em segredo por questões obviamente de estratégias de mercado foi publicada na página oficial do deputado Estadual Jurandy Oliveira, mas de acordo com informações colhidas por nossa equipe de jornalismo se trata de uma fábrica de móveis que vai operar no galpão da antiga Dalponte. (MB)

 


Na manhã desta terça-feira (29), o Central Posto em Mutuípe, voltou a abastecer a população do município com combustíveis. As 8h da manhã um caminhão tanque chegou a cidade, após seis dias de desabastecimento. Em contato com o posto, nossa redação foi informada que a distribuição foi limitada a R$ 50 reis por veículo. Uma grande fila se formou no local e a Polícia Militar foi acionada para ajudar na distribuição. O desabastecimento foi ocasionado pela greve dos caminheiros, que fez o Brasil paralisar, os atos começaram na segunda-feira (21), e chagam ao 9º dia, muitas rodovias do país ainda estão parcialmente bloqueadas. (MB)


A Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Mutuípe, suspendeu as aulas nesta quinta, 24 de maio, em virtude da falta de combustíveis nos postos. A impossibilidade de abastecimento dos ônibus escolares, fez com que a decisão fosse tomada, somente na Escola Anísio Teixeira, está com as atividades mantidas. As demais Unidades Escolares, municipais e estaduais, do Campo e da Cidade, não funcionarão. Caso a greve dos caminhoneiros seja encerrada a tempo de realizar o abastecimento dos ônibus, as atividades serão retomadas na sexta-feira (25). (MB)


O boato soou como um estampido em uma noite silenciosa. Ecoou enunciando um trágico ataque à sociedade. Produziria certamente um intenso abalo na tranqüilidade da população amargosense que, nos últimos anos, foi se acostumando a saborear um clima de paz. Paz interrompida por uma onda de violência que assolou Amargosa, após uma sucessão de fatos de violência que romperam fronteiras e de que deram destaque negativo à Cidade Jardim nos quatro cantos do mundo. O estampido não saira de nenhuma arma de fogo, mas seria suficiente para fazer a “polícia” se render. A Bomba, seria a transferência do Delgado Adilson Bezerra, profissional  com um currículo de excelência e que na prática transformou a rotina da cidade, desde que aqui chegou, no meio de uma turbulenta realidade. A morte de um bebê, em uma ação desastrosa de um policial civil, culminou em fuga de presos, delegacia e dezenas de carros incendiados. Um tempo de terror provocado pela revolta de populares. Está na memória da população. Mas tudo aquilo ficou para trás graças a intervenção assertiva da polícia, que sob a coordenação do Delegado Adilson Bezerra, impôs uma nova metodologia de trabalho que conseguiu aproximação com a sociedade e garantindo como resultado a elucidação da maioria das ocorrências registradas. Mas a quem interessaria a transferência do Delegado com tão elevado índice de acertos? Em postagem em sua página na rede social, o ex-vereador e ex-presidente da Câmara, Antônio Clóvis, chamou a atenção para a “intervenção” política. Com postura isenta, sem envolvimento político, o delegado, na opinião do ex-vereador, teria contrariado a u m grupo acostumado a cometer “ingerência” na ação da polícia. 


A Rodovia Mário Covas – BR-101, trecho da Bahia, amanheceu com bloqueios em diversos prontos, segundo informações, existem manifestações nas proximidades do município de Muritiba, entre Santo Antônio de Jesus e Conceição do Almeida, e próximo a barragem de Pedra do Cavalo. Por volta de 9h nossa redação recebeu imagens de novos bloqueios nos entroncamentos de Laje e Valença e em Presidente Tancredo Neves. Os protestos de caminhoneiros é pela redução nos preços dos combustíveis, que aumentaram cerca de 60%, desde a mudança na política de reajuste promovida pela Petrobras. Nesta quarta-feira (23), a estatal fez a redução no preço da Gasolina de 2,08%, já o diesel em 1,54%, mas é considerado pouco. Na tentativa de dar feio as manifestações, o governo anunciou no dia anterior a eliminação de um dos impostos dos combustíveis, a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico – CIDE, mas segundo os donos de postos essa redução, não vai representar muito no bolso do consumidor.  “Isso não resolve o problema, a gente quer ser ouvido. Queremos que os tributos no óleo diesel sejam zerados. A Cide representa 1 por cento dos tributos que incidem no combustível”, disse José da Fonseca Lopes, presidente da Abcam entidade organizadora do movimento. As manifestações pelo país tiveram início na segunda-feira (21), quando 17 estados e o Distrito Federal promoveram paralisações, na terça, 18 estados e o DF, hoje a Polícia Rodoviária Federal ainda não atualizou os bloqueios. (VMN)


Motoristas de vans mantêm, pelo terceiro dia consecutivo, o bloqueio na Rodovia BR-330, no trecho entre os municípios de Ipiaú e Jequié, no Médio Rio de Contas. Desde as 08h desta quarta-feira (23), os manifestantes interditam a pista de rolamento, liberando apenas o tráfego de veículos de passeio e ônibus. Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF), de Jequié, está no local tentando negociar a liberação do trânsito. Os manifestantes, que protestam contra o Governo Federal em razão dos constantes aumentos nos preços dos combustíveis, disseram que pretendem findar o ato no fim da tarde. (BMF)


Um grupo de topiqueiros bloquearam na manhã desta terça-feira (22), um trecho da BR – 101, na cidade de Teolândia, em protesto contra os seguidos aumentos nos combustíveis no país. Mais de 20 motoristas pararam seus veículos sobre a rodovia, montaram uma barreira de pneus e tocaram fogo. Até o início da manhã de hoje a PRF havia registrado três interdições em rodovias baianas, em Alagoinhas, Senhor do Bonfim e Capim Grosso, todas coordenadas por caminhoneiros. Vídeos compartilhados em grupo de WhatsApp mostra ações de bloqueio na região sul. A previsão é de que até o final do dia outras interdições aconteçam. (Diário Paralelo)


Caminhoneiros de Santo Antônio de Jesus protestam nesta terça-feira (22), na BR-101, próximo ao Motel Conexão contra o aumento nos preços do diesel. Um dos caminhoneiros  de prenome Silvio, pede apoio da população que, segundo ele, é a maior prejudicada. “A gente tem que se unir contra esse governo corrupto. Não estamos aguentando mais esse aumento de diesel”, disse. Os manifestantes queimaram pneus interditando a via para evitar a passagem de veículos. Há protestos em ao menos sete estados. (BV)


Em protesto contra o aumento dos combustíveis manifestantes bloqueiam BR-101 em  Muritiba

Na noite desta terça-feira(22) moradores das cidades de Cruz das Almas, Mangabeira e Muritiba, e da área rural de São José do Itaporã realizaram um protesto contra o aumento no preço dos combustíveis. Os manifestantes inteditaram a rodovia BR-101 – trecho da cidade de Muritiba. De acordo com um vídeo que circula nas Redes Sociais, um homem – provavelmente manifestante – chama a atenção que nenhum veículo passará pelo local como forma de protesto pelo aumento elevado nos preços dos combustíveis quais consideram abusivos. Alguns motoristas tiveram que retornar diante da impossibilidade de continuar a viagem. A estrada da acesso também a capital do estado. Contudo, o manifesto que iniciou no período das 22:00 horas pode não ter tido o resultado esperado pelo grupo, devido que o local a noite é pouco trafegável. O fluxo neste trecho ocorre mais durante o dia, segundo taxistas que fazem a rota Cachoeira – Cruz das Almas informaram a nossa equipe de redação. Não se sabe se os manifestantes irão continuar no local ou voltarão a fazer novo bloqueio da malha rodoviária importante na escoação de produtos e que corta a região do recôncavo da Bahia. De acordo com informações ao Portal a interdição forcada próximo ao munícipio de Muritiba também tenha sido realizada visando a chegada de comerciantes para maior “feira de roupas” do recôncavo que ocorre no município Serrano e que segundo depoimento de pessoas que acompanharam a ação alguns motoristas foram e outros serão impedidos de entrarem por essa via de acesso. Entre os participantes do protesto existem vários caminhoneiros da região. Até o fechamento da matéria a Polícia Rodoviária Federal não tinha chegado ao local para uma negociação da liberação da via. (VB)


Com apenas 29 anos, Luciano Ramos é graduado e pós-graduado em Administração e segue à frente dos negócios familiares em Amargosa, Ipiaú, Jiquiriçá e Mutuípe. Ele participou do Empretec em 2015 e, com uma visão mais apurada, conseguiu ampliar a rede de empresas da família. “Depois do Empretec, pude avaliar melhor as oportunidades que surgiram e possibilitaram expandir os negócios com mais segurança. Tivemos um aumento de mais de 100% em quantidade de filias de cada ramo de atuação, sem contar os números de faturamento e quantidade de colaboradores”, destaca o empresário. Segundo o gestor, o grupo, que atua em ramos diversos de posto de combustíveis, transportes, franquias de colchões, hotel, e revenda de gás, teve início há quase meio século, com apenas um posto de combustível. Com os negócios estagnados, foi a partir de sua administração, há cerca de três anos, que os empreendimentos começaram a expandir. Com o aprendizado no Empretec, Luciano revela que obteve o diferencial para lhe auxiliar nas tomadas de decisões nas empresas. “Você sai do Empretec ansioso para colocar tudo que aprendeu em prática e, à medida que foram surgindo oportunidades, fui agarrando. Na época administrava duas lojas de colchões, dois postos de combustíveis e, através do seminário, abrimos mais dois postos de combustíveis, outra loja de revenda de gás, além de ampliarmos o transporte de gás”, conta o empreendedor. O administrador ressalta a importância do Sebrae para a capacitação dos empreendedores e, consequentemente, para o desenvolvimento e fomento da atividade empresarial na região.