O aplicativo de conversas WhatsApp decidiu limitar de vinte para cinco o número de vezes que um usuário pode reenviar uma mensagem, em uma tentativa de combater disseminação de informações falsas e rumores, afirmaram executivos da companhia nesta segunda (21). O limite já estava em vigor na Índia, onde a divulgação de boatos por meio do aplicativo causou a morte de 27 pessoas por linchamento. Os usuários de aparelhos com o sistema Android receberão a atualização primeiro, a partir de hoje. Nos próximos dias, a mudança chegará aos dispositivos da Apple. A disseminação de informações falsas pelo WhatsApp esteve no centro das atenções durante as eleições de 2018 no Brasil, quando diversos conteúdos enganosos foram compartilhados.