O WhatsApp parece estar trabalhando em uma funcionalidade que tornará o app de mensagens um pouco mais parecido à experiência de comunicação do Instagram e do Facebook Messenger. Diz o WABetaInfo que o WhatsApp lançou uma nova versão beta para o app iOS que permite aos utilizadores reagirem com emojis a mensagens individualmente, tanto em conversas reservadas como em grupos.


O empresário bilionário e fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, se manifestou através da própria rede social para pedir desculpas pela interrupção nos serviços pertencentes à empresa por quase seis horas nesta segunda-feira (4).

“Facebook, Instagram, WhatsApp e Messenger estão voltando agora. Desculpe pela interrupção de hoje (segunda-feira) – eu sei o quanto você confia em nossas serviços para ficar conectado com as pessoas que se importa.” – Afirmou Zuckerberg em publicação.


WhatsApp, Facebook e Instagram apresentam instabilidade no começo da tarde desta segunda-feira (4). Internautas em todo o mundo estão relatando dificuldade pra acessar os serviços.

O termo WhatsApp se tornou o primeiro nos Trending Topics do Twitter no Brasil por volta das 12h50. Nesse mesmo horário, o site Downdetector, que monitora reclamações sobre serviços da internet, registrava 17.433 queixas sobre o o aplicativo de mensagens. Para o Instagram, eram cerca de 5 mil e, para o Facebook, cerca de 4 mil. (Voz da Bahia)


O WhatsApp anunciou nesta sexta (10) uma nova funcionalidade para aumentar a proteção de mensagens trocadas pelo aplicativo.

A criptografia de ponta a ponta, que garante que somente o usuário e a pessoa com quem ele está se comunicando possam ler e ouvir as mensagens trocadas, já é usada na plataforma, mas agora poderá ser estendida para as conversas salvas em serviços de backup na nuvem, como Google Drive e iCloud.

Com essa funcionalidade, nem mesmo o próprio WhatsApp tem acesso ao conteúdo. A novidade é um recurso opcional e será disponibilizada gradualmente aos usuários da versão beta e, nas próximas semanas, para os usuários comuns de iOS e Android.

Segundo a empresa, nenhum outro serviço de mensagem fornece atualmente esse nível de proteção para as conversas. (Metro1)


Foto: Reprodução/Google Imagens

O WhatsApp vai parar de funcionar em celulares com Android Ice Cream Sandwich (4.0) a partir de 1º de novembro. O aplicativo de mensagens atualizou a página da Central de Ajuda na última semana informando que o suporte do mensageiro será compatível apenas com smartphones com o sistema operacional Android 4.1 ou posterior. No início do ano, o WhatsApp já havia anunciado o fim do suporte para iPhones com iOS 9.


A Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) lançou nesta terça-feira (11) um sistema que visa dificultar a revenda de aparelhos furtados e roubados, além de facilitar a devolução dos itens aos donos. Para isso, os donos dos aparelhos devem cadastrar os celulares no sistema e, caso seja roubado, eles mesmos acionam o alerta


Andar nas ruas sabendo que o espaço público é monitorado por câmeras capazes de registrar e identificar criminosos, armas, placas de carros e atitudes suspeitas. O que um dia foi ficção científica já levou à prisão de mais de 200 suspeitos em Salvador e está sendo ampliado pelo Governo do Estado para outros 77 municípios baianos, 39 ainda neste ano. O investimento de cerca de R$ 665 milhões foi autorizado nesta terça-feira (27) pelo governador Rui Costa, em solenidade no Centro de Operações e Inteligência (COI), da Secretaria de Segurança Pública (SSP), na capital.

”Nós temos agora talvez a melhor tecnologia do país nesta área. Há cerca de três anos, implementamos um projeto piloto de reconhecimento facial na cidade de Salvador, fruto de visitas que fizemos à Europa e à China. Essa tecnologia serve para prevenir crimes, socorrer pessoas e para a funcionalidade da cidade. No projeto piloto tivemos absoluto êxito, inclusive durante os carnavais, com a prisão de mais de 200 pessoas e a elevação substantiva da atividade da Segurança Pública”, afirmou o governador.