Com o coração “zerado”, Guto Ferreira esconde escalação para Ba-Vi de domingo

O técnico Guto Ferreira passou por momentos de tensão na quarta-feira. Com uma arritmia cardíaca, ele foi internado em um hospital de Salvador. Após uma madrugada de muitos exames e em regime de observação, o técnico tricolor foi liberado pelos médicos. Passado o susto, o treinador comandou treinos e seguiu com a rotina no clube. Com o coração “zerado”, falou sobre o problema e agradeceu cada torcedor que, mesmo de longe, tentou ajuda-lo de alguma forma. – Essa trombose pode vir a afetar alguma coisa mais perigosa. Mas não é o caso, ela foi revertida imediatamente. Geralmente, é um quadro de estresse. Não é só um jogo, tive um problema familiar, viajei, não dormi. São várias coisas que vão se acumulando. Está no preço. Não foi nada de mais grave. Já joguei tênis hoje. Estarei na beira do campo domingo, firme e forte. Agradecer a cada torcedor a energia, aqueles que mandaram mensagens, os que rezaram pelo meu reestabelecimento. A gente está bem tranquilo, porque o que fez foi procurar a emergência. Agradecer ao Hospital, o carinho, a atenção dada, as pessoas que me atenderam.  (BN)


Comentários

Os comentários estão fechados.