Com pênalti perdido, Bahia perde da Chapecoense e não chega mais no G-7

Para conquistar a tão sonhada vaga na Libertadores, o Bahia terá que torcer para o Grêmio ser campeão da edição deste ano do maior torneio de clubes sul-americano e para o Flamengo conquistar a Copa Sul-Americana, com isso abriria mais duas vagas no Campeonato Brasileiro. O Esquadrão de Aço foi derrotado pela Chapecoense, por 1 a 0, neste domingo (26), na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. O atacante Wellington Silva foi o autor do gol da vitória dos visitantes. Edigar Junio ainda desperdiçou um pênalti chutando na trave. Estacionado nos 49 pontos, o Tricolor não tem mais chance de chegar à sétima colocação, que neste momento é do Vasco com 53. A Chapecoense somou 51 e subiu para a nona posição. O próximo e último compromisso do Bahia pelo Brasileirão, será contra o São Paulo, no próximo domingo (3), às 16h no relógio baiano, no estádio do Morumbi, na capital paulista. No mesmo dia e horário, a Chapeoense recebe o Coritiba, na Arena Condá, em Chapecó. O próximo e último compromisso da equipe comandada por Paulo Cézar Carpegiani pelo Brasileirão, será contra o São Paulo, domingo (3), às 16h no relógio baiano, no estádio do Morumbi, na capital paulista. No mesmo dia e horário, a Chapeoense recebe o Coritiba, na Arena Condá, em Chapecó.
FICHA TÉCNICA

Bahia 0x1 Chapecoense
Campeonato Brasileiro – 37ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 26/11/2017
Horário: 17h (Horário da Bahia)
Árbitro: Péricles Bassols (PE)
Assistentes:   Cleberson do Nascimento Leite e Marcelino Castro de Nazaré (ambos de PE)
Assistentes adicionais: Gilberto Rodrigues Castro Junior e José Woshington da Silva (ambos de PE)

Cartões amarelos: Mendoza, Zé Rafael (duas vezes) (Bahia) / Amaral, Douglas Grolli, Reinaldo (Chapecoense)

Cartão vermelho: Zé Rafael (Bahia)

Gol: Wellington Paulista (Chapecoense)

Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Renê Júnior, Allione (Régis), Zé Rafael, Vinícius (Edson) e Mendoza; Edigar Junio. Técnico: Paulo Cézar Carpegiani.

Chapecoense: Jandrei; Apodi, Douglas Grolli, Douglas e Reinaldo; Amaral, Canteros, Elicarlos, João Pedro e Luiz Antonio; Wellington Paulista. Técnico: Gilson Kleina. (BN)


Comentários

Os comentários estão fechados.