Condutor de caminhão que virou na ladeira do Ribeirão, entre Mutuípe e Amargosa era de Barra do Mendes

Fotos: Brício Lopez

O condutor do caminhão marca/modelo Mercedes-Benz 24-250, ano 2011, que virou no fim da manhã de terça-feira (12), na ladeira do Ribeirão, entre as cidades de Amargosa e Mutuípe, morreu preso nas ferragens, ele era da cidade de Barra do Mendes, na microrregião de Irecê. A identidade não foi revelada. Veja mais aqui. Segundo o proprietário da carga de 29 tonelada de cebolas, que esteve no local do acidente por volta de 20h, o caminhão saiu de Irecê, com destino a cidade de Ilhéus, ele disse também que aconselhou o condutor a seguir por Jequié, mas que ele acabou optando por um caminho mais curto, pela BA-540.

O corpo sem alguns membros foi retirado das ferragens no meio da tarde, mas somente após as 20h quando o veículo foi desvirado por um guincho, foi possível atestar que só havia uma vítima, pois a equipe de resgate suspeitava que entre as ferragens houvesse um segundo corpo, visto que o achado estava no banco carona.

Assim que chegou ao local, socorristas do SAMU, nada puderam fazer até que a Coelba fizesse o desligamento da energia, uma árvore foi arrancada na batida e se misturou a rede elétrica, energizando tudo a volta, nesse momento eles já tinham fortes suspeitas que motorista não havia sobrevivido.

A ocorrência foi registrada pela Polícia Rodoviária Estadual. Os destroços foram retirados por volta de 21h. O condutor deixa uma filha pequena.

Fonte: Mídia Bahia

Comentários

Os comentários estão fechados.