Desaparecimento do ex-prefeito de Valença, Ramiro Campelo completa 13 dias

O sequestro do empresário Ramiro Campelo, fundador das lojas Guaibim e Casa + Fácil completou nesta terça-feira (30), 13 dias e permanece sem novidades. O fato aconteceu na manhã do dia 18 de janeiro no município de Valença, quando o ex-prefeito do município foi abordado na porta de casa e levado, segundo informações, por três homens encapuzados a bordo de um carro modelo HB20 na cor branca. Segundo informações, ainda na manhã do dia do desaparecimento, os sequestrados teriam entrado em contato com a família da vítima e solicitado quantia não divulgada para pagamento do resgate. Desde então não mantiveram mais comunicação. O caso segue sob investigação na responsabilidade da 5ª Coordenadoria Regional do Interior (Coorpin) em Salvador. Nenhuma informação, contato ou pista do paradeiro de Ramiro. A família segue aflita e pede orações de todos para o retorno o quanto antes, do patriarca Ramiro Campelo. (BV)


Comentários

Os comentários estão fechados.