Dilma dá sinais de esgotamento e petistas temem disposição da presidente para defesa

A presidente Dilma Rousseff (PT) tem dado sinais de esgotamento, apesar de manter o discurso de resiliência e de crescimento em meio à dificuldade. De acordo com a coluna Painel, da Folha, petistas estão preocupados com a disposição da presidente para liderar sua defesa até o julgamento definitivo do Senado.  Nesta quinta-feira (12), 55 senadores votaram pela admissibilidade do processo na Casa e o afastamento em até 180 dias de Dilma. Segundo a publicação, nas últimas semanas a presidente deixou escapar que sentia saudades de uma vida normal, dando sinais de que queria “se livrar disso”, mas descartou a possibilidade de renúncia. (InforSAJ)

 


Comentários

Os comentários estão fechados.