Eleitor tem 30 dias para atualizar, emitir ou transferir título eleitoral

Os cidadãos que pretendem votar nas eleições de 2018 têm 30 dias (até 9 de maio) para solicitar à Justiça Eleitoral seu título de eleitor. O prazo também vale para os eleitores alterarem dados cadastrais ou transferirem domicílio eleitoral. O primeiro turno das eleições deste ano será no dia 7 de outubro. Ao se dirigir ao cartório eleitoral, o cidadão deve levar o título de eleitor, caso o possua; um comprovante de residência (sempre que possível, em nome do eleitor e, para os casos de transferência, com antecedência mínima de três meses); um documento oficial de identificação pessoal contendo, no mínimo, nome, filiação, data de nascimento e nacionalidade; e o comprovante de quitação militar, quando do sexo masculino.

Alistamento eleitoral

O alistamento eleitoral e o voto são obrigatórios para os maiores de 18 anos. Todavia, brasileiros de 16 e 17 anos também podem tirar o título de eleitor. O procedimento é simples e pode ser iniciado pela Internet, por meio do Título Net. Depois de fazer a solicitação online, o cidadão deve comparecer às unidades de atendimento da Justiça Eleitoral, munidos da documentação exigida, para concluir os serviços pedidos e receber o título. Em caso de não comparecimento do cidadão, o requerimento será invalidado. Ao iniciar o pedido pelo Título Net, será informada ao cidadão a unidade de atendimento à qual deverá comparecer. Caso o sistema não consiga identificar a zona eleitoral à qual o cidadão será vinculado, este deverá, então, comparecer ao cartório eleitoral mais próximo de sua residência. Os pedidos de transferência de domicílio e revisão de dados cadastrais também podem ser iniciados pelo Título Net e concluídos no cartório eleitoral. (VN)


Comentários

Os comentários estão fechados.