Fim do pesadelo: Vitória vence Operário no final e zera risco de queda

Wesley, com a bola, é vigiado por Allan Vieira (Foto: JOãO VITOR REZENDE BORBA/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO) 

Acabou o tormento. Depois de enfrentar dias difíceis, com direito até à lanterna do campeonato, o Vitória está matematicamente garantido na Série B de 2020. Isso porque, na noite desta terça-feira (19), o rubro-negro venceu o Operário por 2×1, em Ponta Grossa (PR), e chegou a 45 pontos. O Londrina, primeiro time dentro do Z4, tem 36 pontos e dois jogos por disputar: ou seja, só pode chegar a 42 e não alcança mais o Leão, que subiu para 11º lugar com o resultado. A penúltima rodada continua até domingo. Léo Gomes abriu o placar para o Vitória no estágio Germano Krüger e Cleyton igualou ainda na etapa inicial. O empate já era suficiente para o rubro-negro escapar do rebaixamento, mas o grito de alívio saiu, de vez, com Thiago Carleto que, no último minuto do jogo, cobrou falta na gaveta e garantiu o triunfo. A hora, agora, é de avaliar o ano tenebroso e se preparar para um 2020 melhor.

Ficha Técnica
Campeonato Brasileiro | Série B | 37ª rodada
Operário 1×2 Vitória
Data:
 19 de novembro de 2019 | Estádio: Germano Krüger, em Ponta Grossa-PR

Operário: André Luiz, Mailton (Jean Carlo), Lázaro, Alisson e Allan Vieira; John Lennon, Índio e Marcelo; Cleyton (Rafael Chorão), Lucas Santana e Uilliam (Schumacher). Técnico: Gerson Gusmão
Vitória: Martín Rodríguez, Van, Éverton Sena, Ramon e Thiago Carleto; Léo Gomes, Baraka e Lucas Cândido; Wesley, Eron (Felipe Garcia) e Anselmo Ramon. Técnico: Geninho
Gols: Léo Gomes, aos 23 minutos do primeiro tempo; Cleyton, aos 45 minutos do primeiro tempo; Thiago Carleto aos 50 minutos do segundo tempo;
Cartão amarelo: Léo Gomes, Eron (Vitória) | Maílton (Operário)
Arbitragem: Diego da Silva, auxiliado por Cleriston Clay Barreto Rios e Rodrigo Guimarães Pereira (trio de Sergipe)

Com supervisão do editor Herbem Gramacho – Correio 24h


Comentários

Os comentários estão fechados.