Governador Rui Costa confirma terceirização da Ceasa; ”será mais forte”

 Ruy Costa - Governador2

A Ceasa de Jaguaquara deverá mesmo passar para a iniciativa privada, deixando de ser gerida pelo Governo do Estado. A informação foi confirmada pelo governador Rui Costa, durante coletiva de imprensa em Maracás, quando perguntado sobre o processo de terceirização do órgão pelo Blog Marcos Frahm. ”Aquelas atividades que são na verdade econômicas, elas tem que estar nas mãos do setor privado, que é mais competente para gerir esses equipamentos, como é o caso da Cesta do Povo, que nós estamos licitando e entregando a iniciativa privada. As Ceasas são uma atividade econômica e, por tanto, elas podem e devem estar nas mãos da iniciativa privada e nós temos fortes empresários em Jaguaquara que estão dispostos a assumir, fazer investimentos e melhorar as instalações da Ceasa, que será mais forte sendo tocada por empresários do ramo, que conhecem e tem muito mais agilidade. Não é próprio da atividade de governo tomar conta de coisas produtivas. O ideal é que isso seja feito pela iniciativa privada e tudo aquilo que tiver sustentabilidade pelo setor privado nós vamos passar”, explicou o governador.

Rui diz que empresários terão mais agilidade para gerir a Ceasa
Rui diz que empresários terão mais agilidade para gerir a Ceasa

 Conforme antecipado pelo Blog Marcos Frahm, entendimentos no sentido de terceirizar o órgão público através de um processo de concessão de uso estão sendo costurados por três empreendedores da cidade: Antônio Ricardo Leal, Adriano Shibasak Júnior e Américo Pantaleone D’Onofrio, que buscam uma solução prática para o Mercado do Produtor, que enfrenta sérios problemas, desde estruturais a administrativos. Os empresários citados se reuniram com o governador Rui Costa, e com o prefeito Giuliano Martinelli, em novembro último, quando trataram do assunto.  O Governo chegou a tentar leiloar o órgão, para tenta se livrar do Mercado do Produtor, pois o órgão possui um déficit mensal de mais de R$ 18 mil, conforme aponta um relatório da Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial do Governo do Estado da Bahia – SUDIC, revelando ainda que, nos boxes existentes na Ceasa, que são alugados a comerciantes, as contas de água e luz são pagas pelo Governo, sendo um dos diversos problemas alegados para manutenção do funcionamento. O Mercado de Jaguaquara é o único atacadista de hortifrutigranjeiros do interior da Bahia.

 


Comentários

Os comentários estão fechados.