Joelma lamenta sequelas deixadas por Coronavírus: ‘Voz fraca’

Joelma contou em entrevista ao ‘Fantástico’ deste domingo (04) que, depois de ficar 60 dias de cama após contrair o Covid-19 ainda sente as sequelas deixadas pela doença: ‘Eu tô inchada ainda. Tanto é que eu tive que aumentar o número do meu sutiã. Os peitos cresceram. Fiz os exames, tudo normal. E ninguém consegue explicar isso porque eu fiquei muito grande’

Joelma contraiu o Coronavírus em julho e assumiu que, até hoje, ainda sofre com sequelas deixadas pela doença, que também já infectou outros famosos como Maraisa, que doou plasma para fornecer anticorpos para pacientes em tratamento, e Neymar, que descobriu estar contaminado após viagem para Ibiza com Anitta. “Eu fiquei 60 dias em cima de uma cama. De não ter energia pra falar, a voz era fraca”, detalhou em entrevista ao “Fantástico”. Segundo Joelma, a crença de que o vírus atinge de forma leve os mais saudáveis é errada: “Eu pensei realmente que se eu pegasse o vírus do Covid eu ia tirar de letra. Porque eu canto, eu danço, eu malho, eu cuido da alimentação. Mas o bicho pegou. Então eu aconselho que o que a pessoa puder fazer pra cuidar mais do próximo e dela a gente tem que fazer. Porque não é brincadeira não, o negócio é sério”.

JOELMA APONTA MUDANÇAS NO CORPO PÓS-COVID

Apesar de já ter passado pelo pior momento da doença, a cantora paraense, cuja beleza natural roubou a cena na web, explicou que ainda não se sente 100%. “A respiração voltou ao normal uns três dias atrás, porque ela ainda estava eu comecei a me exercitar devagar, a fazer alguns exercícios de respiração. Porque [antes disso] eu não conseguia cantar”, assumiu. E detalhou algumas mudanças físicas que a doença provocou: “Eu tô inchada ainda. Tanto é que eu tive que aumentar o número do meu sutiã. Os peitos cresceram. Fiz os exames, tudo normal. E ninguém consegue explicar isso porque eu fiquei muito grande”.

JOELMA REVELOU QUE PERDEU O PALADAR

E até a maneira de se alimentar mudou depois que a intérprete de “Não Teve Amor” foi contaminada. “Eu não consigo sentir o cheiro das coisas. E engraçado que esses sintomas vieram depois de dois meses [da contaminação]. Quando eu parei de sentir o gosto da comida eu passei a empurrar com uma banana pra conseguir comer porque eu não tinha vontade. A comida tinha sabor de borracha”, descreveu Joelma, que completou 46 anos de idade durante o período de isolamento social.

FILHO DE JOELMA PASSOU POR HARMONIZAÇÃO FACIAL

Durante a pandemia do Coronavírus, Yago Mendes, filho de Joelma, aproveitou para se submeter a uma harmonização facial, técnica que tem transformado o rosto de vários famosos. Em sua rede social, a cantora mostrou o resultado do procedimento e elogiou: “Reparem esse resultado lindo dos procedimentos. Obrigada Dr. Enio por realizar esse sonho de forma tão dedicada e atenciosa. Estamos muito felizes com o seu trabalho”.

(Por Carmen Moreira)

Comentários

Os comentários estão fechados.