Ministério investiga Google por uso de dados de adolescentes

O Departamento de Defesa do Consumidor da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacom), do Ministério da Justiça, abriu uma investigação contra o Google por “suposta coleta de dados de crianças e adolescentes, usuários do Youtube, sem o conhecimento dos pais”, de acordo com a Agência Brasil. O órgão informou que essas informações seriam usadas “para autorizar publicidade dirigida”. Registros coletados envolvem a localização dos usuários, o tipo de aparelho utilizado e o número do telefone.

A empresa tem até 10 dias para responder ao requerimento da Senacom.  À Agência Brasil, a empresa respondeu que não tem “nada a declarar”. A secretaria ainda informou ter tomado conhecimento da multa de US$ 170 milhões aplicada pela Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (FTC, na sigla em inglês) por violação da privacidade de crianças usuárias do Youtube, uma subsidiária do Google, bem como do acordo firmado com para mudança de normas da plataforma. Em agosto, a Senacom já tinha notificado o Google pela suspeita de outras violações de privacidade. A secretaria investiga uma “possível captura indevida de dados de usuários sobre geolocalização”. A intenção é investigar se a coleta dos registros das localizações e dos deslocamentos dos usuários de serviços do Google ocorreu sem consentimento. Fonte: Metro1


Comentários

Os comentários estão fechados.