Mulher compra obra de Romero Britto por R$ 2 mil só para quebrar na frente dele e viraliza

O pintor, escultor e serígrafo brasileiro de 56 anos, Romero Britto, foi “humilhado” em público por uma suposta proprietária de um restaurante após o artista maltratar uma funcionária do estabelecimento dela. Tudo aconteceu no atelier do pernambucano, situada nos Estados Unidos, onde ele foi radicado. Durante uma sessão de autógrafos de Britto na galeria, a empresária comprou uma peça de porcelana em formato de maçã, que custa U$ 360, cerca de R$ 2 mil. Com a compra efetivada, ela anunciou que ele esteve no restaurante acompanhado de um amigo e destratou uma colaboradora do local. Assustado, ele tenta segurar o objeto com as mãos, mas falha tragicamente e a obra de arte se quebra em pedaços.

“Eu exijo que você nunca vá ao meu restaurante e ofenda minha equipe. Eu te respeitava como artista”, diz a mulher, em espanhol. As imagens capturadas por testemunhas viralizaram nas redes sociais e já um dos assuntos mais comentados da internet nesta sexta-feira (14/8). Fonte: AratuOn


Comentários

Os comentários estão fechados.