Na Bahia, três médicos foram denunciados por divulgação de fake news ou ‘curas milagrosas’ durante pandemia

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Na Bahia, de acordo com um levantamento feito pelo G1, foram registradas três denúncias contra médicos por divulgação de fake news ou ‘curas milagrosas’ durante a pandemia do novo coronavírus. A informação foi confirmada ao site pelo Conselho Regional de Medicina que afirmou que houve sindicância em dois dos casos.

Segundo o Conselho, em um dos casos foi instaurado um processo ético, que está em fase de instrução. Ao profissional foi aplicada uma interdição cautelar — quando o médico é impedido de atuar durante a apuração. O outro está em fase de diligências. O Conselho Regional de Enfermagem da Bahia informou ao site que não houve denúncias contra enfermeiros.

No Brasil, foram 79 denúncias registradas contra médicos e enfermeiros. Desse total, 59 foram registradas pelos conselhos regionais de medicina e 20 pelos de enfermagem. Os conselhos regionais de medicina também registram a maior parte das sindicâncias (36 de 40) e dos processos éticos (5 de 6). (BNews)


Comentários

Os comentários estão fechados.