Primo chama Michelle Bolsonaro de ingrata e diz que ela abandonou avó: “Ninguém gosta”

O primo da primeira-dama Michelle Bolsonaro, o youtuber Eduardo D’Castro, disparou contra a esposa do presidente Jair Bolsonaro após a morte da avó dos dois, Maria Aparecida Firmo Ferreira, de 81 anos, na terça-feira (12). Nas redes sociais, ele acusou a prima de não ter ajudado a idosa, que estava internada em um hospital público do Distrito Federal, com diagnóstico positivo para Covid-19. Eduardo chegou a chamar Michelle de “a pessoa mais ingrata” que ele conheceu e disse que mais ninguém da família gosta da primeira-dama.

“A gente da família sempre defendeu muito ela, a gente sempre teve um carinho muito grande por ela. Só que é aquela coisa, né? O poder sobe na cabeça das pessoas. (…) Ela se tornou uma pessoa que ninguém reconhece mais. Ninguém da família gosta. As pessoas que gostam, gostam por bajular”, afirmou.

No Instagram, Eduardo publicou uma conversa que seria dele com Michelle. Em resposta ao comentário do primo, a primeira-dama o ameaçou de processo e o chamou de “cretino”, “falso” e “mer**”.

Em nota, a assessoria da Presidência da República comentou as acusações e disse que Eduardo era “oportunista” por fazer os comentários logo após a morte de Maria Aparecida.

“A primeira-dama Michelle Bolsonaro recebeu com pesar a notícia sobre o falecimento da avó. Ela sente e afirma que é um momento de tristeza e dor para toda a família. A senhora Michelle Bolsonaro lamenta que alguns parentes tratem certos momentos tão pessoais com oportunismo em desrespeito ao sofrimento de todos”, disse.

“A primeira-dama permanece recolhida em casa em tratamento contra o novo coronavírus e espera que o momento de luto seja respeitado, acima de quaisquer questões pessoais e familiares”, finalizou.

Varela Notícias

Comentários

Os comentários estão fechados.