”Repudiamos a conduta dele”, diz presidente do PSL sobre Kannário ser candidato a deputado

O PSL, partido do presidenciável Jair Bolsonaro, não digere bem a candidatura do vereador de Salvador, Igor Kannário (PHS) a deputado federal na coligação com o PRTB e PPS.  A legenda tem recebido manifestações contrárias à presença no grupo do cantor conhecido como ”Príncipe do Guetto”. ”Repudiamos a conduta dele”, disse a presidente do PSL na Bahia, Dayane Pimentel. A dirigente diz que a legenda busca conversar com o PHS, mas entende que ele é apto a se candidatar. ”E nós vamos lutar para que os votos dele eleja alguém de bem. Ele é nosso concorrente”, disse ela. Embora fechada nacionalmente junto ao PRTB, no estado, a coligação que incluiu o PPS e PHS passou pela retirada da candidatura do vice de João Henrique, que era do PSL e acabou sendo substituído por um membro do próprio PRTB. Além disso, o PSL baiano também ainda não definiu quem irá apoiar no pleito ao Palácio de Ondina, mesmo com o ex-prefeito de Salvador dizendo que se tornaria ”favorito” com o apoio de Bolsonaro. (BMF)


Comentários

Os comentários estão fechados.