Suspeita de planejar morte da companheira do ex entra para o ‘Baralho do Crime’ na Bahia

A mulher suspeita de ser a mandante da morte da professora Élida Márcia de Oliveira, de 32 anos, em Juazeiro, no norte da Bahia, foi inserida no Baralho do Crime da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) como o “Oito de Paus”. A suspeita foi identificada como Edvania Pereira de Morais, conhecida como Vaninha. A vítima foi morta na frente da filha, que tinha dois anos, e do marido. O Baralho do Crime é uma ferramenta da SSP, criada em 2011, para localizar os criminosos mais procurados do estado. A nova atualização foi divulgada pelo órgão na quinta-feira (21).

Professora Élida foi morta a tiros em Juazeiro, no norte da Bahia, no mês de fevereiro — Foto: Reprodução/Redes Sociais
Professora Élida foi morta a tiros em Juazeiro, no norte da Bahia, no mês de fevereiro — Foto: Reprodução/Redes Sociais 

A suspeita teve a prisão preventiva decretada em abril deste e é procurada pela polícia. O pai dela, Edvan Constantino de Morais, que também é suspeito de planejar o crime, e Railton Mendes da Silva, que dirigia a motocicleta usada no assassinato, foram denunciados pelo Ministério Público (MP-BA), também em abril. Os dois homens estão presos. Além de Edvânia, a polícia procura também pelo homem suspeito de atirar na professora. Identificado como Maicon Neves dos Santos, ele também entrou para o Baralho do Crime como o “Sete de Espadas”. 

Outras cartas

Novas cartas do Baralho do Crime da SSP-BA — Foto: SSP/ Divulgação

Novas cartas do Baralho do Crime da SSP-BA — Foto: SSP/ Divulgação

Além da suspeita de matar Élida, identificada como Edvania Pereira de Morais, conhecida como Vaninha, outros seis criminosos também foram integrados na ferramenta de denúncia. Passaram a fazer parte da ferramenta, Sidmar Soares dos Santos, o ‘Bolota’, representado pelo ‘Ás de Copas . Ele é procurado por tráfico de drogas, de armas e homicídio. Atua no município de Jequié e entra no lugar de Júlio César Machado da Silva, o Morcego. Rogério Ferreira Sampaio, conhecido como ‘Patolino’, procurado por tráfico de drogas e homicídio na região de Lauro de Freitas é o novo ‘Rei de Copas’. O criminoso entra em substituição de Jesiel Miranda Campos, ou ‘Bolo’, capturado no mês de maio, em São Paulo. Foragido do Sistema Penitenciário, Genildo Amparo do Nascimento entra como a ‘Dama de Espadas’ no lugar de Bruno Ramos Figueiredo, Bruno Bruxa, morto em confronto com policiais durante uma operação integrada.

Apelidado de ‘Gordo Paloso’, Manoaldo Falcão Costa Junior entra como o ‘Rei de Paus’ no lugar de Carlos Henrique Santos Silva ou ‘Cumpadre’. Ele tem mandado de prisão por homicídio e tráfico de entorpecentes por crimes cometidos na região de Itabuna, sul do estado. O novo ‘Oito de Ouros’ é Elias dos Santos Santiago. O homicida também é do interior do estado, município de Jacobina, e retira Michel da Silva Nascimento. Quem tiver informações sobre os suspeitos que fazem parte do Baralho do Crime pode fazer a denúncia pelo 71 3235-0000 (Salvador e RMS) e 181 (interior). O denunciante não precisa se identificar. G1


Comentários

Os comentários estão fechados.